UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2010 - 09h13

Vendas no varejo sobem 0,4% em julho e 10,9% ante 2009, aponta IBGE

SÃO PAULO - As vendas no varejo subiram 0,4% em julho, após avanço de 1% um mês antes, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A receita nominal de vendas também teve elevação de 0,4% no mesmo período, depois de incremento de 0,5% em junho. Os dados levam em conta ajuste sazonal.Entre junho e julho, na série com ajuste sazonal, seis das dez atividades pesquisadas apresentaram variações positivas no volume de vendas, como Livros, jornais, revistas e papelaria (3,4%), Veículos e motos, partes e peças (2,9%) e Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,1%). Em sentido oposto, houve queda em Combustíveis e lubrificantes (-0,2%), Móveis e eletrodomésticos (-0,5%), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-1%) e Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-4,4%).Na comparação com julho de 2009, o volume de vendas registrou alta de 10,9% e a receita nominal subiu 13,5%. No acumulado deste ano, essas taxas foram positivas em 11,4% e 14,5%, respectivamente. Em 12 meses, as vendas cresceram 9,7% e a receita nominal, 12,7%.Considerando o confronto com o sétimo mês do ano passado, o IBGE notou que todas as oito atividades do varejo verificaram incremento no volume de vendas. O destaque coube a Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, com expansão de 11%, que "foi responsável pela principal contribuição à taxa global do varejo (49%)", explicou o organismo.O comércio varejista ampliado, que inclui os segmentos de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, apresentou elevação de 1,2% nas vendas e de 1,6% na receita nominal entre junho e julho. No comparativo com julho de 2009, as altas corresponderam a 12,3% e 15%, nesta ordem.(Juliana Cardoso | Valor)
Hospedagem: UOL Host