UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/09/2010 - 07h45

Fluxo cambial e indústria dos EUA fazem a agenda

SÃO PAULO - O destaque na agenda doméstica desta quarta-feira são os números sobre o fluxo cambial semanal. A publicação do Banco Central (BC) ganha peso, pois nela se descobre quantos dólares a autoridade monetária tirou de circulação desde que retomou a estratégia de fazer dois leilões por dia no mercado à vista.

As estimativas que rondam as mesas sugerem mais de US$ 3 bilhões. Os números também mostrarão o comportamento do fluxo e permitirão estimar se os bancos elevaram ou diminuíram sua posição vendida no mercado à vista.

Na agenda externa, destaque para a produção industrial americana no mês de agosto. O consenso sugere elevação de 0,3%, após alta de 1%. Os investidores também conhecem o comportamento do índice de preços de importação. A estimativa é de alta de 0,2% no mês passado. O dia também reserva a solicitação semanal por empréstimos hipotecários.

Na quinta-feira, destaque para o Índice de Preços ao Produtor americano (PPI, na sigla em inglês).

(Eduardo Campos | Valor)
Hospedagem: UOL Host