UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/09/2010 - 07h43

Japão intervém no mercado de câmbio pela primeira vez desde 2004

SÃO PAULO - O Ministério das Finanças do Japão atuou no mercado de câmbio pela primeira vez em mais de seis anos para tentar conter a rápida apreciação do iene. A avaliação foi de que a taxa de 82,87 ienes por dólar teria efeitos negativos sobre os exportadores japoneses e sobre outros setores industriais do país.

O ministro das Finanças japonês, Yoshihiko Noda, não revelou o tamanho da intervenção, mas disse que foi a primeira atuação dessa natureza desde março de 2004 e que foi conduzida unilateralmente, sem a coordenação com os Estados Unidos."A intervenção foi conduzida para evitar flutuações excessivas", observou Noda. "Vamos continuar monitorando os eventos e tomaremos ações decisivas, incluindo outra intervenção, se necessário", completou.

O presidente do Banco do Japão, Masaaki Shirakawa, comentou, em nota, que a instituição espera que a ação tomada pelo Ministério das Finanças no câmbio contribua para a formação de uma taxa de câmbio estável.Após a venda de ienes e a compra de dólares pelas autoridades monetárias japonesas, o dólar foi negociado perto de 85 ienes. Vale notar que nos últimos meses, o iene alcançou os níveis mais altos em 15 anos frente a moeda americana.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)
Hospedagem: UOL Host