UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/09/2010 - 11h53

LLX e Ternium vão ter pólo siderúrgico no Superporto do Açu

SÃO PAULO - A LLX, braço de logística do grupo EBX, firmou um acordo com a Ternium Brasil para implantação de um polo siderúrgico no Superporto do Açu, complexo portuário e industrial construído pela empresa de Eike Batista no Rio de Janeiro.

O parque tem capacidade de produção estimada em 5,6 milhões de toneladas de aço bruto por ano, segundo fato relevante divulgado nesta quarta-feira.

O contrato será feito por meio da subsidiária LLX Açu, que vai alienar todas as ações da controlada Siderúrgica Norte Fluminense (SNF) para a Ternium Brasil.

"Este acordo confirma o Superporto do Açu como destino preferencial para a expansão no Brasil", comentou, em nota, o diretor presidente da LLX, Otávio Lazcano.

Recentemente, a companhia obteve licença ambiental de instalação do complexo portuário, que está sendo contruído no município de São João da Barra. O início das operações está previsto para o primeiro semestre de 2012.

A LLX e a SNF também firmaram dois contratos de longo prazo para serviços portuários, um para embarques oriundos do futuro parque siderúrgico e outro para desembarque de carvão, ambos com taxa de retorno de 15% ao ano.

(Ana Luísa Westphalen | Valor)

Hospedagem: UOL Host