UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

21/05/2012 - 11h31

Paes diz que grau da S&P para o Rio não é passo para emissão

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), afirmou que o grau de investimento concedido pela agência Standard and Poor's (S&P) à cidade do Rio de Janeiro não pode ser considerado um passo para a emissão de títulos de dívida pela prefeitura.

"Sobre isso, ainda falta uma decisão do governo federal", afirmou.

De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, uma prefeitura não pode emitir títulos de dívida, algo que o Rio vinha tentando negociar com o governo federal.

A S&P atribuiu na sexta-feira nota de crédito BBB de longo prazo em moeda local e estrangeira para a cidade do Rio de Janeiro. O rating encontra-se na escala grau de investimento da S&P. A nota de crédito de emissor de curto prazo em moeda local e estrangeira é A-3. A perspectiva para os ratings é estável.

Este foi o primeiro rating concedido pela S&P à cidade do Rio. No ano passado, as agências Moody's e Fitch já haviam anunciado o grau de investimento para o Rio de Janeiro.

O novo secretário de Fazenda, Marco Aurélio Cardoso, que deve tomar posse em agosto, afirmou que a prefeitura vem pesquisando alternativas para a captação de recursos, inspirada em outros municípios, como a utilização de fundos imobiliários. Cardoso explicou que a administração municipal estuda a criação de um fundo para financiar programas sociais.

A atual secretária de Fazenda, Eduarda La Roque, deixará o cargo para comandar o Instituto Pereira Passos, onde deverá dar prioridade ao programa batizado de UPP Social.

(Guilherme Serodio / Valor)

Hospedagem: UOL Host