UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

18/03/2010 10h00

Contador fala sobre a parcela a deduzir do Imposto de Renda

O contador Julio Linuesa Perez explica o que é a parcela a deduzir do Imposto de Renda. Leia mais sobre isenção

Tags:
anne dias, contador, declaração, dedução, dicas, dinheiro, economia, entrevista, finanças pessoais, imposto de renda, imposto de renda 2010, jornalismo, julio linuesa perez, leão, malha fina, notícia, notícias, receita federal
URL:
Código:

Comentários

Comente este vídeo:

Carregando...

Consultor Terraviva: Apesar de extenso, novo plano safra limitará recursos (9:56)
No Consultor Terraviva desta terça-feira (02), Silmar Cesar Müller conversa com Ademiro Vian, diretor adjunto de negócios da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos), sobre o novo plano safra.



O apresentador também fala com Júlio César Busato, presidente da AIBA (Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia).



E ainda: Carlos Sperotto, presidente da FARSUL (Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul) fala ao vivo.



Confira o programa na íntegra!
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Ao contrário da economia, mercado de luxo está longe da crise (1:48)
Ao contrário da economia brasileira, o mercado de luxo passa longe da crise. A venda de carros zero quilômetro, por exemplo, caiu mais de 20%, enquanto a procura por veículos de alto padrão aumentou.



Veja todos os vídeos do Jornal da Band.
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Agritendências: Novo plano safra surpreende e oferece até R$188 bilhões par (2:13)
No Agritendências desta terça-feira (02), Silmar Cesar Müller comenta o que de principal aconteceu no mundo do agronegócio no dia:



O plano agrícola e pecuário para a próxima temporada acabou surpreendendo quem não esperava nada de muito positivo, em natureza do ajuste fiscal em andamento. Volume total de recursos para o crédito rural aumenta para quase R$188 bilhões, 20% a mais da safra passada.
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Consultor Terraviva: Diretor adjunto da FEBRABAN destrincha o novo plano sa (22:53)
No Consultor Terraviva desta terça-feira (02), Silmar Cesar Müller conversa com Ademiro Vian, diretor adjunto de negócios da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos), sobre o novo plano safra.



O apresentador também fala com Júlio César Busato, presidente da AIBA (Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia).



E ainda: Carlos Sperotto, presidente da FARSUL (Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul) fala ao vivo.



Confira o programa na íntegra!
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Lei concede direitos das demais categorias às domésticas (1:31)
A nova lei que dá aos empregados domésticos os mesmos direitos que as demais categorias foi publicada nesta terça-feira (2) no Diário Oficial da União, após sanção da presidente Dilma Rousseff. Reportagem exibida no SBT Brasil. Leia mais.
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Levy afirma que Brasil irá recuperar peso da indústria na economia (0:54)
O Ministro da Fazenda disse nesta terça que, apesar da queda na produção, o Brasil tem condições de reverter o quadro e recuperar o peso da indústria na economia.



Veja todos os vídeos do Jornal da Band.
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Governo anuncia Plano Agri?cola no valor de R$ 187,7 milho?es (2:14)
A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (2) um plano de apoio ao setor agrícola no valor de R$ 187,7 bilhões, o que representa um aumento de 20% em relação ao ano anterior. A agropecuária brasileira foi uma das poucas áreas produtivas do país que cresceram no ano passado, no meio de uma deterioração da economia que se refletiu em um crescimento de apenas 0,1%.Leia mais
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Confira a edição completa do Jornal Terraviva desta terça-feira (23:22)
No Jornal Terraviva desta terça-feira (02), você confere as principais notícias do agronegócio no Brasil e no mundo, com apresentação de Cristiane Alcalá.
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Terraviva DBO na TV: Agronegócio recebe tratamento diferenciado pelo govern (15:11)
No Terraviva DBO na TV desta terça-feira (02), Lilian Munhoz conversa com o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, Luiz Claudio Paranhos, sobre como a associação recebeu o novo plano safra.



A apresentadora também fala com o empresário Jonadan Ma, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, também a respeito do novo plano safra.



Além disso, você fica por dentro das últimas do mercado do Boi Gordo!



Confira o programa na íntegra!
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Confira os destaques do Jornal Terraviva desta terça-feira (1:39)
No Jornal Terraviva desta terça-feira (02), você confere os seguintes destaques:



Governo federal anuncia novo plano safra que pasa a vigorar em 1º de julho. Plano agrícola e pecuário para a safra 2015/2016, terá R$187,7 bilhões.



Presidente Dilma promete diversificar as exportações brasileiras durante anúncio do novo plano safra. Ministra da agricultura faz projeções para o agronegócio na próxima década.



Essas e outras notícias no Jornal Terraviva.
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Confira o fechamento do mercado do Boi Gordo desta terça-feira (2:01)
No balanço diário da Scot Consultoria, 16 das 31 praças analisadas sofreram mudanças nas suas cotações; sendo 9 para cima e 7 para baixo.
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Governo disponibiliza R$ 187,7 bilhões para o Plano Agrícola e Pecuário 201 (3:18)
Os recursos disponibilizados ao crédito rural para as operações de custeio, investimento e comercialização da agricultura empresarial alcançam R$ 187,7 bilhões no ano safra 2015/2016. O valor consta do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) anunciado pela presidenta Dilma Rousseff e pela ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), nesta terça-feira (2), em cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília.



O plano baseia-se no apoio aos médios produtores, garantia de elevado padrão tecnológico, fortalecimento do setor de florestas plantadas, da pecuária leiteira e de corte, melhoria do seguro rural e sustentação de preços aos produtores por meio da Política de Garantia de Preços Mínimos.



O volume de recursos destinados ao financiamento da agricultura teve alta de 20% em relação ao período anterior, que foi de R$ 156,1 bilhões.



Para o financiamento de custeio a juros controlados estão programados R$ 94,5 bilhões, 7,5% a mais em comparação com o período anterior (R$ 87,9 bilhões) e reflete o crescimento dos custos de produção. Já para investimentos, são R$ 33,3 bilhões.



O agricultor poderá contar também com maior volume de recursos a taxas de juros livres de mercado para a próxima safra. Na modalidade custeio houve um incremento de 130%, passando de R$ 23 bilhões para R$ 53 bilhões. Estes valores são provenientes da aplicação dos recursos da Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) no financiamento da safra.



O Pronamp (Programa de Apoio ao Médio Produtor) receberá atenção especial nesta safra e contará com R$ 18,9 bilhões, um incremento de 17% no volume de recursos. São R$ 13,6 bilhões para a modalidade de custeio e R$ 5,3 bilhões em investimento.



Limites de financiamento



O limite de financiamento de custeio, por produtor, foi ampliado de R$ 1,1 milhão para R$ 1,2 milhão, enquanto o destinado à comercialização passou de R$ 2,2 milhões para R$ 2,4 milhões. Em ambos os casos, o aumento foi de 8%.



Foi mantido o limite de R$ 385 mil por produtor nos créditos de investimentos com recursos obrigatórios.



No Pronamp, o limite de financiamento é diferenciado, sendo de R$ 710 mil por agricultor na modalidade custeio.



Taxa de juros



As taxas de juros do Pronamp para os médios produtores foram estabelecidas em 7,75% ao ano para custeio e 7,5% ao ano para investimento.



Para os empréstimos de custeio da agricultura empresarial, a taxa é de 8,75% ao ano. Já para financiar os demais programas de investimentos, a taxa varia de 7% a 8,75% ao ano (faturamento até R$ 90 milhões).



Os programas de investimentos prioritários - médio produtor rural, aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas, agricultura de baixa emissão de carbono (ABC), expansão da capacidade de armazenagem, irrigação e inovação tecnológica - seguem tendo tratamento diferenciado.



Principais linhas



Quanto aos incentivos à pecuária, o governo manteve os limites adicionais de financiamento de custeio e de investimento em estímulo aos processos de engorda
Tags:
Publicação: 02/06/2015
Carregando...
Hospedagem: UOL Host