Bolsas

Câmbio

Direto da BolsaDireto da Redação

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Análise: Fatores a serem obervados na economia mundial

Na semana passada, o mercado financeiro internacional assistia a uma sequência de recordes: Dow Jones e S&P 500 atingiram novas máximas no fechamento de sexta-feira (8) e a bitcoin disparou antes do lançamento formal da negociação de contratos futuros com base na moeda virtual. Com tanta coisa acontecendo, diversos dados relativos aos fundamentos econômicos e políticos passaram quase despercebidos. No entanto, suas implicações podem ser substanciais em 2018 e além. (Com Bloomberg) Leia Mais

Bolsa fecha quase estável; Petrobras, Vale e Itaú sobem

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta segunda-feira (11) praticamente estável, com leve alta de 0,09%, a 72.800,04 pontos. Na sexta-feira (8), a Bolsa subiu 0,34%. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar fecha quase estável, a R$ 3,297, de olho na reforma da Previdência

dólar comercial fechou esta segunda-feira (11) praticamente estável, com leve alta de 0,08%, cotado a R$ 3,297 na venda. Na sexta-feira (8), a moeda norte-americana subiu 0,25%. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar passa a subir, vendido acima de R$ 3,30, e Bolsa opera em alta

A Bolsa operava em alta, e o dólar comercial passava a subir nesta segunda-feira (11). Por volta das 16h35, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,41%, a 73.028,07 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana subia 0,2%, a R$ 3,301 na venda, com os investidores ainda muito atentos às dificuldades do governo para tentar aprovar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados neste ano. (Com Reuters)

Maioria das Bolsas da Europa fecha em queda; Itália perde 0,36%

Das seis principais Bolsas de Valores da Europa, quatro fecharam em queda, uma subiu e outra ficou praticamente estável nesta segunda-feira (11). Veja o desempenho dos principais mercados europeus nesta sessão:

  • Inglaterra: +0,8%
  • Portugal: +0,05%
  • Espanha: -0,14%
  • Alemanha: -0,23%
  • França: -0,23%
  • Itália: -0,36% (Com Reuters)
Leia Mais

Dólar opera quase estável, vendido perto de R$ 3,30, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava quase estável nesta segunda-feira (11). Por volta das 15h40, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,47%, a 73.076,92 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana tinha leve alta de 0,01%, a R$ 3,295 na venda, com os investidores ainda muito atentos às dificuldades do governo para tentar aprovar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados neste ano. (Com Reuters)

Banco Mundial: caos do RJ deve se repetir em mais Estados na próxima década

A situação das contas públicas do Brasil é preocupante, e a situação de calamidade financeira do Rio de Janeiro deve se repetir nos demais Estados na próxima década. O prognóstico foi feito pelo economista Heinz Rudolph, líder do Banco Mundial para o setor financeiro.  Leia Mais

Dólar opera quase estável, vendido perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava quase estável nesta segunda-feira (11). Por volta das 14h30, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,28%, a 72.938,2 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana tinha leve queda de 0,06%, a R$ 3,293 na venda, com os investidores ainda muito atentos às dificuldades do governo para tentar aprovar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados neste ano. (Com Reuters)

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (11). Por volta das 13h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,53%, a 73.115,65 pontos, enquanto a moeda norte-americana caía 0,22%, a R$ 3,287 na venda. As negociações do governo do presidente Michel Temer para tentar aprovar a reforma da Previdência continuam no radar dos investidores. (Com Reuters)

Maia diz que é difícil votar reforma da Previdência na semana que vem

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira (11) que é "difícil" votar a reforma da Previdência na Casa na semana que vem e afirmou que só pautará a proposta caso existam garantias "muito claras" de que ela será aprovada pelos deputados. (Com Reuters) Leia Mais

Brasil não terá credibilidade para se financiar sem reforma, diz ministro

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou nesta segunda-feira (11) que, caso a reforma da Previdência não seja aprovada, o país não terá mais "credibilidade para continuar se financiando". (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,29, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (11). Por volta das 12h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,12%, a 72.822,1 pontos, enquanto a moeda norte-americana caía 0,24%, a R$ 3,287 na venda. As negociações do governo do presidente Michel Temer para tentar aprovar a reforma da Previdência continuam no radar dos investidores. (Com Reuters)

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,28, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (11). Por volta das 11h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,66%, a 73.212,73 pontos, enquanto a moeda norte-americana caía 0,47%, a R$ 3,279 na venda. As negociações do governo do presidente Michel Temer para tentar aprovar a reforma da Previdência continuam no radar dos investidores. (Com Reuters)

Ministro defende liberação de verbas para conseguir aprovação de reforma

O ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Wellington Moreira Franco, defendeu nesta segunda-feira (11) a liberação de verbas para convencer deputados a votar favoravelmente à reforma da PrevidênciaLeia Mais

Temer admite possibilidade de Previdência ser votada em 2018 na Câmara

O presidente Michel Temer admitiu no domingo (10) a possibilidade de a reforma da Previdência ser votada somente em 2018 na Câmara dos Deputados, ao mesmo tempo que afirmou acreditar que será "possível" aprovar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que trata do assunto ainda neste ano na Casa. (Com Reuters) Leia Mais

Carrefour Brasil anuncia novo presidente do conselho de administração

O Carrefour Brasil anunciou a eleição de Matthieu Malige para presidente do conselho de administração após renúncia de Pierre-Jean Sivignon na última sexta-feira (8), informou a empresa em comunicado nesta segunda-feira. (Com Reuters) 

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,28, e Bolsa sobe

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira (11). Por volta das 10h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,78%, a 73.302,45 pontos, enquanto a moeda norte-americana caía 0,43%, a R$ 3,281 na venda. As negociações do governo do presidente Michel Temer para tentar aprovar a reforma da Previdência continuam no radar dos investidores. Na última sexta-feira (8), a Bolsa fechou em alta de 0,34%.(Com Reuters)

Dólar abre o dia operando em queda, vendido perto de R$ 3,29

O dólar comercial abriu os negócios desta sexta-feira (8) operando em queda, após subir 0,25% na última sexta-feira (8). Por volta das 9h10, a moeda norte-americana recuava 0,26%, a R$ 3,286 na venda, com a agenda esvaziada reforçando o foco dos investidores no andamento da reforma da Previdência e nas chances de sua votação ocorrer ainda neste ano na Câmara dos Deputados. (Com Reuters)

Petrobras sobe preços do diesel em 1,8% e os da gasolina em 1,4%

A Petrobras elevará os preços do diesel em 1,8% e os da gasolina em 1,4% nas refinarias a partir de terça-feira (12), segundo comunicado publicado pela estatal em seu site nesta segunda-feira. Os reajustes fazem parte da nova sistemática de formação de preços da companhia, em vigor desde julho e que prevê alterações quase que diárias para as cotações dos combustíveis. (Com Reuters) 

Mercado sobe previsão para o PIB, para 0,91%, e reduz a de inflação

O mercado voltou a ver a inflação abaixo do piso da meta neste ano e ainda elevou a expectativa para o crescimento da economia, mostrou a pesquisa Focus do Banco Central nesta segunda-feira. A meta de inflação é de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual. Na semana passada, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central decidiu cortar a taxa básica de juros (Selic) em 0,5 ponto percentual, de 7,5% para 7% ao ano. Veja as previsões do Boletim Focus para 2017, divulgadas nesta segunda-feira (11) pelo BC:

  • Inflação: caiu de 3,03% para 2,88%;
  • PIB: subiu de 0,89% para 0,91%;
  • Dólar: mantido em R$ 3,25. (Com Reuters) 
Leia Mais

Bolsas da Ásia fecham em alta; mercado sobe 1% na China

As principais Bolsas asiáticas fecharam em alta nesta segunda-feira (11). Veja as variações:

  • Hong Kong: +1,14%
  • Cingapura: +1,05%
  • China: +0,98%
  • Taiwan: +0,72%
  • Japão: +0,56%
  • Coreia do Sul: +0,3%
  • Austrália: +0,07% (Com Reuters) 
Leia Mais

UOL Cursos Online

Todos os cursos