Bolsas

Câmbio

Direto da BolsaDireto da Redação

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Minoritário da Petrobras no Brasil tenta replicar acordo dos EUA

Romano Allegro, dono de um restaurante de família no Nordeste, tem sentimentos contraditórios em relação ao acordo feito pela Petrobras para pagar US$ 2,95 bilhões a acionistas nos EUA pelos prejuízos provocados pelo escândalo da Lava Jato. Ele gostou do anúncio, acredita que a Petrobras estabeleceu um precedente com o acordo. Mas agora ele quer saber quando ele e cerca de 288 mil outros investidores minoritários no Brasil serão compensados também. (Com Bloomberg) Leia Mais

Bolsa fecha em alta de 1,7% e atinge novo recorde, acima de 81 mil pontos

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quarta-feira (17) em alta de 1,7%, a 81.189,16 pontos. É o terceiro dia seguido em que a Bolsa fecha no maior nível de sua história. Na véspera, o índice subiu 0,1%. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar cai 0,37% e fecha a R$ 3,217, após duas altas seguidas

dólar comercial fechou esta quarta-feira (17) em queda de 0,37%, cotado a R$ 3,217 na venda, após duas altas seguidas. Na véspera, a moeda norte-americana subiu 0,58%. (Com Reuters) Leia Mais

Bolsa sobe mais de 1%; dólar opera em queda, vendido a R$ 3,22

A Bolsa subia acima dos 80 mil pontos e o dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (17). Por volta das 16h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha alta de 1,25%, a 80.833,38 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana registrava baixa de 0,39%, a R$ 3,216 na venda. O mercado continuava sob a expectativa de acontecimentos na esfera política no país. Um deles é a votação da reforma da Previdência, marcada para o dia 19 de fevereiro na Câmara dos Deputados, e os esforços do governo do presidente Michel Temer em garantir apoio político ao tema. (Com Reuters) 

Maioria das Bolsas da Europa fecha em queda; Alemanha perde 0,47%

Dados fracos de empresas no Reino Unido influenciaram os preços das ações na Europa nesta quarta-feira (17), e a maioria dos índices fechou em baixa após um início de ano com ganhos robustos. Veja as variações das Bolsas:

  • Portugal: +0,09%
  • Itália: +0,08%
  • França: - 0,36%
  • Inglaterra: -0,39%
  • Espanha: - 0,44%
  • Alemanha: -0,47% (Com Reuters) 
Leia Mais

SP: Projeto proíbe caixa eletrônico em supermercado e posto de combustível

Os caixas eletrônicos de bancos deverão ser proibidos em terminais de ônibus, supermercados, postos de combustíveis e lojas de conveniência. É o que propõe um projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo.  Leia Mais

Telegram planeja maior oferta inicial de moedas digitais da história

O serviço de mensagens criptografadas Telegram planeja a maior oferta inicial de moedas da história e, segundo alguns aspectos, também a mais ambiciosa. (Com Bloomberg)  Leia Mais

Bolsa opera acima de 80 mil pontos; dólar cai, vendido a R$ 3,22

A Bolsa subia acima dos 80 mil pontos e o dólar comercial operava em queda nesta quarta-feira (17). Por volta das 15h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha alta de 0,97%, a 80.602,66 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana registrava baixa de 0,27%, a R$ 3,22 na venda. O mercado continuava sob a expectativa de acontecimentos na esfera política no país. Um deles é a votação da reforma da Previdência, marcada para o dia 19 de fevereiro na Câmara dos Deputados, e os esforços do governo do presidente Michel Temer em garantir apoio político ao tema. (Com Reuters) 

Bitcoin cai para US$ 10 mil com tensão sobre questões regulatórias

O bitcoin caiu mais 12% nesta quarta-feira (17), para quase a metade do seu preço máximo, com investidores temerosos de que os reguladores podem restringir a instável moeda virtual que disparou no ano passado. O preço do bitcoin, a maior e mais conhecida criptomoeda mundial, caiu para US$ 10 mil na Bolsa Bitstamp baseada em Luxemburgo, o menor valor desde 1º de dezembro. (Com Reuters)  Leia Mais

Bolsa sobe e atinge 80 mil pontos; dólar opera quase estável, a R$ 3,23

A Bolsa subia acima dos 80 mil pontos e o dólar comercial operava em alta nesta quarta-feira (17). Por volta das 13h15, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha alta de 0,79%, a 80.465,52 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana registrava leve ganho de 0,03%, a R$ 3,23 na venda. O mercado continuava sob a expectativa de acontecimentos na esfera política no país. Um deles é a votação da reforma da Previdência, marcada para o dia 19 de fevereiro na Câmara dos Deputados, e os esforços do governo do presidente Michel Temer em garantir apoio político ao tema. (Com Reuters) 

Ações da Boeing disparam 116% em 12 meses e desafiam previsões

As ações da Boeing estão em uma sequência sem precedentes nos Estados Unidos. As ações da fabricante de aviões registraram a impressionante alta de 116% nos últimos doze meses e ficaram acima do preço-alvo médio dos analistas, de cerca de US$ 327, o que garantiu à Boeing o melhor desempenho no índice Dow Jones Industrial Average durante o período. (Com Bloomberg)  Leia Mais

Acordo da Petrobras nos EUA foi ruim, diz advogado de Dilma em Pasadena

O advogado Walfrido Warde Jr considera que a Petrobras fez um mau acordo ao aceitar pagar US$ 2,9 bilhões a investidores americanos em troca de se livrar de um processo nos EUA. (Com Folha)  Leia Mais

UE e Mercosul retomarão conversas sobre acordo comercial em 30 de janeiro

A União Europeia (UE) e o Mercosul realizarão em 30 de janeiro uma reunião em Bruxelas para definir a reta final das negociações para um acordo comercial, anunciou nesta quarta-feira (17) o porta-voz comunitário de Comércio, Daniel Rosario. (Com EFE) Leia Mais

Bolsa sobe e passa dos 80 mil pontos; dólar opera em alta, a R$ 3,23

A Bolsa subia acima dos 80 mil pontos e o dólar comercial operava em alta nesta quarta-feira (17). Por volta das 12h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,44%, a 80.182,52 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana avançava 0,15%, a R$ 3,234 na venda. A sessão tinha as ações da Petrobras (PETR4), (PETR3) entre os destaques positivos diante da expectativa por avanço nas discussões sobre a cessão de direitos de exploração. (Com Reuters) 

Petrobras aumenta preço do diesel e reduz o da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (17) aumento de 0,2% para o preço do diesel e recuo de 0,5% no valor da gasolina comercializados nas refinarias. Os reajustes serão válidos partir de amanhã, dia 18 de janeiro. Isso não significa necessariamente que a redução chegará ao consumidor final na bomba. Os postos são livres para aplicar ou não o reajuste, e na porcentagem que desejarem. (Com Valor)  Leia Mais

Justiça nega recurso e mantém suspensa privatização da Eletrobras

A Justiça Federal em segunda instância negou pedido do governo do presidente Michel Temer para derrubar a liminar que pode inviabilizar a privatização da Eletrobras no prazo previsto pelo governo, informou em nota o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5). (Com Reuters)  Leia Mais

Bolsa sobe e passa dos 80 mil pontos; dólar opera em alta, a R$ 3,23

A Bolsa subia acima dos 80 mil pontos e o dólar comercial operava em alta nesta quarta-feira (17). Por volta das 11h20, a moeda norte-americana avançava 0,14%, a R$ 3,234 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,41%, a 80.159,68 pontos. A sessão tinha as ações da Petrobras (PETR4), (PETR3) entre os destaques positivos diante da expectativa por avanço nas discussões sobre a cessão de direitos de exploração. (Com Reuters) 

Por Previdência, governo intensifica negociações com evangélicos

Para tentar garantir os votos que faltam para aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer intensificou as negociações com representantes dos evangélicos. (Com Jovem Pan) Leia Mais

Investigação sobre corrupção na Caixa adiou divulgação de balanço

A conclusão da investigação de suspeitas de corrupção envolvendo executivos e ex-administradores na Caixa Econômica Federal pesou na decisão da PricewaterhouseCoopers (PwC) de assinar o balanço do banco do terceiro trimestre de 2017, apurou o Estadão/Broadcast. (Com Estadão Conteúdo)  Leia Mais

Bancos prometem reduzir juros do cheque especial

Pressionados pelo governo, os bancos assumiram o compromisso de adotar novas regras para o cheque especial com objetivo de reduzir os juros aos clientes. A iniciativa foi revelada nesta terça-feira (16), pelo presidente do BC, Ilan Goldfajn, em entrevista ao Estadão/Broadcast. (Com Estadão Conteúdo)  Leia Mais

Dólar sobe, vendido perto de R$ 3,23, e Bolsa opera quase estável

A Bolsa operava quase estável e o dólar comercial subia nesta quarta-feira (17). Por volta das 10h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, registrava leve alta de 0,06%, a 79.880,98 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana avançava 0,14%, a R$ 3,233 na venda. Na véspera (16), a Bolsa fechou em alta de 0,1% e atingiu o maior nível histórico. (Com Reuters) 

Dólar abre o dia operando quase estável, vendido perto de R$ 3,23

O dólar comercial abriu os negócios desta quarta-feira (17) operando quase estável, após subir 0,58% na véspera. Por volta das 9h10, a moeda norte-americana registrava leve alta de 0,03%, a R$ 3,23 na venda. O mercado deve permanecer de olho nos desdobramentos do afastamento de quatro vice-presidentes da Caixa Econômica Federal. Relatório independente recomendar investigar suposta atuação do atual presidente do banco, Gilberto Occhi, para obter propina para políticos do PP. (Com Reuters)

Bolsa da China fecha em alta, puxada por bancos e infraestrutura

As Bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem direção comum nesta quarta-feira (17), com a queda nos preços do petróleo das commodities (matérias-primas) no mercado internacional. A Bolsa da China ganhou 0,26%, puxada pelos setores bancário e de infraestrutura. Veja as variações das Bolsas:

  • Japão: -0,35%
  • Hong Kong: +0,25%
  • China: +0,26%
  • Coreia do Sul: -0,25%
  • Taiwan: +0,17%
  • Cingapura: +0,17%
  • Austrália: -0,54%. (Com Reuters)
Leia Mais

UOL Cursos Online

Todos os cursos