Odeia ter o chefe no seu pé? Aprenda a se autogerenciar e evite cobranças

Daniela do Lago

Daniela do Lago

  • Getty Images

Você é um profissional que detesta cobranças do chefe? Gosta de ter liberdade para produzir e trabalhar?

Se sim, a regra básica para que consiga ter essa experiência no trabalho é se gerenciar. O que isso quer dizer? Peter Drucker disse que todo profissional de sucesso tem que ser "um astro do desempenho".

Uma pessoa focada e comprometida com o alto desempenho tem maiores chances de aproveitar oportunidades, se lançar em novos desafios e explorar suas competências de forma efetiva.

Por que o auto gerenciamento é tão importante para os profissionais? Em primeiro lugar, pessoas que estão no controle de suas responsabilidades e compromissos são capazes de criar um ambiente de confiança e integridade.

Muitos profissionais reclamam da excessiva cobrança que recebem diariamente, mas não percebem que desperdiçam seu precioso tempo se distraindo com atividades menos importantes e acabam não fazendo o que tem que ser feito.

Se você sente que está perdendo tempo no trabalho em atividades menos importantes, com constantes interrupções, planeje-se melhor. A responsabilidade de resolver isso é sua. Não culpe o trabalho ficando numa postura passiva.

A dedicação para o alto desempenho e o autogerenciamento é uma postura, uma atitude, uma escolha. Aqui vão algumas dicas para você.

1 - Organize-se

Planejar e priorizar ações são competências cruciais para quem quer ter liberdade no trabalho. Saiba conciliar múltiplas frentes de trabalho e atividades concorrentes. Essa realidade de fazer mais com menos não irá mudar tão cedo. As empresas estão atrás de profissionais produtivos, e não daqueles que passam mais horas dentro do escritório e não tem autocontrole para lidar com as urgências.

2 – Faça o que tem que ser feito e ponto final

Aquela atividade é de sua responsabilidade? Se faz parte do escopo do seu trabalho, mesmo que outras pessoas também participem da execução, você é o responsável por aquela tarefa e será cobrado por isso.

Pare de dar desculpas sobre por que aquele trabalho não foi feito. Somos hábeis construtores de desculpa, talvez seja nossa maior habilidade, todos nós somos bem desenvolvidos na arte de criar desculpas.

Quando você contrata um serviço particular de TV a cabo ou telefonia, por exemplo, o que deseja é que o serviço seja feito e entregue. Você não está interessado nas desculpas e contratempos que a empresa teve para não entregar. O que você deseja é o resultado, afinal você pagou por aquele serviço. Pois bem, a premissa é a mesma dentro de sua empresa!

3 - Seja disciplinado

Sempre que seu chefe pedir algo, defina o prazo final de entrega e faça com excelência antes do prazo.

Fazer rápido e corretamente, respeitando procedimentos da empresa, é fundamental para aqueles que querem ter a confiança do chefe e dos colegas na empresa.

Sei que você também tem sob sua responsabilidade algumas atividades chatas e maçantes. É aí que mora o perigo. Por não querermos enfrentá-las, acabamos nos distraindo com outras atividades e vamos deixando para o último momento.

Pare de ficar muito ocupado fazendo coisas que você não precisa para evitar fazer o que precisa fazer de verdade!

Quando você for capaz de se autogerenciar, estará livre das cobranças, pois não terá mais sentido seu chefe pegar no seu pé. Afinal, irá demonstrar que é um profissional confiável e que entrega com excelência o que se comprometeu a fazer.

Gostou do artigo? Útil para alguém? Então compartilhe!

Dar feedback é como fazer um sanduíche; entenda

  •  

Daniela do Lago

Daniela do Lago é especialista em comportamento no trabalho, coach de carreira, mestre em administração e professora.

UOL Cursos Online

Todos os cursos