Bolsas

Câmbio

Quer passar em concurso público? Fracasso ou sucesso depende de sua atitude

William Douglas

William Douglas

  • Getty Images

O que normalmente separa aqueles que alcançaram êxito do restante? Você já pensou nisso? O que separa o medalhista de ouro do medalhista de prata nas Olimpíadas? O que foi aprovado no concurso do que não foi? O que possibilita que uma pessoa que sofreu um acidente que a deixou incapacitada dê a volta por cima? A resposta é: a atitude.

Salvo por raras e honrosas exceções de pessoas que são geniais desde seu nascimento, como Mozart, a maioria das pessoas, quando estão no auge de sua trajetória, seja profissional, estudantil, na preparação, são parecidas no que se refere ao talento.

O que separa aquele aprovado dentro do número de vagas daquele que foi aprovado e não classificado são décimos, milésimos de nota. A vantagem do primeiro colocado está na atitude e não na aptidão. Sua atitude é critério de desempate para o sucesso, e atitude, ao contrário da maior parte dos materiais disponíveis para o desenvolvimento de suas habilidades, não está à venda.

Você não pode, na maior parte das vezes, escolher o que acontece com você, mas pode escolher como lidar com os acontecimentos. Algumas coisas na vida escapam ao nosso controle e o que faz diferença nesses casos é como agimos em relação a elas. Sua atitude pode ser sua maior qualidade ou sua maior deficiência. É ela que levanta ou acaba com você.

Uma atitude positiva é uma qualidade diária em quase todos os sentidos. Ela não só ajuda a resolver problemas pequenos como também fornece um instrumental poderoso que pode ser útil por toda a sua vida.

Balde cheio?

As pessoas mais felizes na vida não têm necessariamente tudo o que há de melhor. Elas simplesmente tentam aproveitar tudo ao máximo. A pessoa de uma aldeia afastada que vai a uma fonte todos os dias para pegar água pode dizer: "Toda vez que venho a esta fonte, vou embora com o balde cheio de água!", em vez de: "Não posso acreditar que tenho de continuar a voltar a essa fonte para encher o balde!".

A atitude de uma pessoa tem uma profunda influência sobre o seu modo de encarar a vida. Pergunte a um técnico, antes de um jogo importante, se a atitude dele e a de seus jogadores farão diferença no resultado. Pergunte a um professor se as atitudes dos alunos têm algum impacto antes de realizarem um teste.

Uma das coisas que aprendi é que a vida muitas vezes lhe dá tudo aquilo que você espera dela. Se você espera coisas ruins, é isso que você receberá. Se espera coisas boas, você muitas vezes as recebe. Não sei por que as coisas são assim, mas é assim que funciona.

Se você não acredita em mim, faça um teste. Experimente passar 30 dias esperando o melhor de tudo: o melhor lugar para estacionar o carro, a melhor mesa no restaurante, a melhor interação com os clientes, o melhor tratamento dos funcionários públicos. Você se surpreenderá com o que verá, principalmente se também der o melhor de você mesmo para os outros em todas as situações.

Atitude e saúde

Quando a atitude é o mais importante? Quando ela faz a maior diferença? Não é durante um evento esportivo ou quando os negócios ficam difíceis. É quando a própria vida está em perigo. E, nessas ocasiões, a atitude realmente faz diferença.

Quando pastor, eu passava a maior parte do tempo com pessoas que estavam vivendo situações de tragédia. Visitava muitos pacientes antes de serem operados, e os que se empenhavam ao máximo e se recuperavam mais rápido eram as pessoas que tinham as melhores atitudes. Visitava muitas clínicas de repouso, e os idosos que tinham sucesso eram os que ainda tinham uma atitude positiva com relação a si mesmos e a sua situação.

Certa vez, ouvi um funcionário de uma clínica de repouso dizer que, não raro, pacientes recém-internados, por sentirem-se abandonados e sem poder de escolha quanto à internação, tendiam a se entregar e a morrer antes daqueles que viam a situação como apenas outra fase da vida a ser enfrentada de maneira positiva.

Muitas pessoas escreveram sobre o poder que uma atitude positiva tem sobre a saúde e a boa forma. Algumas equipes médicas dizem que há uma correlação positiva entre as atitudes das pessoas e a sua capacidade de recuperar-se de doenças como o câncer, por exemplo.

Ver uma ligação entre os pensamentos e sentimentos das pessoas e sua saúde não é novidade. O poeta John Milton escreveu:

A mente é um lugar em si mesma, e
pode fazer do inferno um céu e do próprio céu
um inferno

Sua atitude tem uma profunda influência sobre seu modo de ver o mundo – e, portanto, sobre o modo como você leva a vida. Atitude não é tudo, mas é uma coisa que pode fazer diferença.

William Douglas

William Douglas é juiz federal, autor e professor.

UOL Cursos Online

Todos os cursos