PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Carla Araújo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Mesmo com Bolsonaro internado, Mourão manteve viagem para o exterior

26.mai.2021 - O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) em coletiva após reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal - Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo
26.mai.2021 - O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) em coletiva após reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal Imagem: Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo
Carla Araújo

Jornalista formada em 2003 pela FIAM, com pós-graduação na Fundação Cásper Líbero e MBA em finanças, começou a carreira repórter de agronegócio e colaborou com revistas segmentadas. Na Agência Estado/Broadcast foi repórter de tempo real por dez anos em São Paulo e também em Brasília, desde 2015. Foi pelo grupo Estado que cobriu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No Valor Econômico, acompanhou como setorista do Palácio do Planalto o fim do governo Michel Temer e a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência.

Do UOL, em Brasília

14/07/2021 20h06

O vice-presidente Hamilton Mourão não está no Brasil. Mesmo após o presidente Jair Bolsonaro ter ido na madrugada desta quarta-feira para o HFA (Hospital das Forças Armadas), em Brasília, o eventual substituto legal do presidente manteve a viagem para Angola para participar da XIII Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em Luanda.

Mourão viajou por volta das 16h30 da tarde desta quarta-feira, cerca de uma hora depois Bolsonaro foi transferido de Brasília para São Paulo, com um quadro de obstrução intestinal. O presidente fará mais exames para saber se terá ou não que realizar uma nova cirurgia.

Auxiliares do Palácio do Planalto dizem que é ainda cedo para falar em possibilidade de licença por parte do presidente e lembram que em outras ocasiões Bolsonaro chegou a despachar do hospital.

A assessoria de imprensa da vice-presidência da República foi questionada se Mourão vai cancelar ou manter a viagem, mas ainda não respondeu.