PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Coluna

Descomplique


Descomplique

Realize o sonho de começar seu próprio negócio sem sair do seu emprego

Getty Images/Maskot
Imagem: Getty Images/Maskot
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

24/08/2020 04h00

Empreender é o sonho de milhares de brasileiros. Porém, poucos levam a frente esse desejo, pois esbarram no medo de falhar ou na impossibilidade de largar o emprego para serem seus o próprios chefes. Ter um negócio requer muito tempo e estudo, mas o que poucos percebem é que é possível começar sem largar o emprego e com pouco dinheiro.

Separei algumas dicas e atitudes que você pode começar a usar imediatamente para entrar no mundo dos negócios mesmo tendo um emprego de carteira assinada.

Não precisa pedir demissão

A demissão não precisa ser o primeiro passo do empreendedor. Você pode começar seu negócio vendendo para seus colegas de trabalho. Não precisa ser nada muito elaborado. Inicialmente, venda produtos baratos como doces ou produtos de revista de catálogo.

Essa experiência inicial vai ajudar você a entender como lidar com uma pequena empresa, cuidar do fluxo de caixa e vender, habilidades essenciais a qualquer empreendedor. Aproveite esse momento para guardar dinheiro, já prevendo os próximos passos na sua jornada como empresário.

Hoje, com a internet disponível para a maioria das pessoas, empreender no horário após o trabalho ficou muito fácil. É possível montar lojas virtuais, vender cursos online, fazer trabalhos avulsos sem sair de casa. Cada uma dessas atividades pode ser feita utilizando 1 a 2 horas do seu dia.

Não precisa de muito dinheiro

Todas as atividades mencionadas anteriormente podem ser iniciadas com pouco ou nenhum dinheiro. Mesmo que hoje você esteja com dívidas ou não tenha valores guardados, vale a pena se esforçar e começar hoje mesmo. A renda extra que esses negócios proporcionam pode impulsionar sua vida financeira e melhorar imediatamente sua condição.

Faça algo de que você goste e já tenha domínio e evite comprar materiais ou cursos caros no início. Muitas pessoas enrolam para começar, pois acreditam que com recursos melhores a chance de obter sucesso é maior, o que não acontece na maioria dos casos. Comece agora com o que você já tem.

Tenha metas

É muito importante que assim que você começar a empreender já tenha metas a atingir. Por exemplo: "no primeiro mês quero faturar R$ 500 para poder investir em um treinamento de vendas". Nem sempre você baterá essas metas e inicialmente elas podem parecer muito complicadas de conquistar.

Porém, se não fizer isso, a chance de atrasar muito sua evolução como empreendedor é grande. Caso queira deixar de lado seu emprego de uma vez por todas, é importante determinar desde o começo quais são as condições para fazer isso.

Tome cuidado no início

Essas condições podem ajudar você a poupar o valor necessário para começar o negócio durante um período de tempo. Caso decida abandonar seu emprego, tenha bastante dinheiro guardado para suportar seu padrão de vida por vários meses, pois nem sempre os negócios são lucrativos no início.

Independentemente da forma como você deseja iniciar no seu empreendimento, sempre fique atento aos seus custos e tenha o planejamento financeiro pessoal e da sua empresa sempre em dia. Eles vão ser capazes de dizer se vale ou não a pena se aventurar no mundo dos negócios.

Descomplique: Você sabe a maior fonte de renda da Rihanna? Não é a música

UOL Notícias

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Descomplique