PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Maneiras de perder dinheiro quando está começando a investir

iStock
Imagem: iStock
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

13/10/2020 04h00

Hoje em dia, investir não é mais algo complexo, difícil e complicado. Basta vir aqui no UOL Economia, procurar por vídeos no YouTube ou ir a uma livraria que você vai encontrar uma sessão inteira somente de dedicada a esse assunto.

Porém, mesmo com essa facilidade de conteúdo, ainda existem detalhes que exigem atenção maior da parte de quem está querendo aprender a investir e não conseguirá apenas com leitura ou vídeos. É a parte prática, que somente com vivência de mercado você vai ganhar. Por isso, hoje resolvi facilitar a sua vida e encurtar esse atalho trazendo algumas dicas que você precisa saber se está começando a investir agora.

Tem muito golpe nessa área

Dinheiro é um assunto que atrai muita atenção de golpistas, pois mexe com o ego e com os sonhos das pessoas. Afinal, quem não deseja ganhar mais e realizar tudo o que sempre quis na vida?

Ultimamente, o que mais tem aparecido são golpes relacionados a criptomoedas e startups. Com muita frequência aparecem pessoas convidando você para se tornar sócio de uma empresa revolucionária que está em ascensão ou que invista numa plataforma que garante ganhos altíssimos todos os meses.

Sempre que a promessa for muito alta, bastante promissora ou até mesmo milagrosa, desconfie. Se o negócio fosse tão bom assim, ao invés de dividir os lucros, por que a própria pessoa não investe sozinha naquilo?

Não seja sardinha

Sardinha é aquele peixe que sempre está em grandes cardumes e aonde um vai todos os outros vão atrás. Nos investimentos, chamamos de sardinhas aquelas pessoas que apenas seguem conselhos e dicas de outros e não fazem uma análise por conta própria, apenas seguem o fluxo.

Se você perguntar qual investimento o sardinha está fazendo, para onde o dinheiro dele está indo, o que a empresa dele adquiriu em ações, ele não saberá responder, pois só sabe dizer que está muito bom para comprar neste momento e que vai subir, em breve vai explodir. Há casos extremos, em que as pessoas chegam a vender bens como carros e imóveis para investir no que acreditam ser a nova aposta do mercado.

Para não se tornar nesse tipo de investidor, você precisa estudar, criar seus próprios critérios e seguir uma metodologia para não cair em promessas de investimentos milagrosos. Não seja essa pessoa!

Não mostrar as perdas

Quando você vê pessoas apresentando uma vida muito glamourosa, com muito luxo e dinheiro envolvido e somente mostram os troféus, desconfie muito disso. A vida de um investidor normal está bem longe de ser assim.

Claro que é possível, com o esforço do seu trabalho aliado a bons investimentos, ter uma vida boa e tranquila com seus ativos, mas os tropeços ocorrem para todos e ninguém está imune a isso. Normalmente as pessoas não costumam sair por aí contando quanto e como perderam grana. Afinal, quem que vai gostar disso, não é mesmo? Porém, negar e dizer que só tem louros é uma grande mentira.

Se você escutar histórias apenas de vitórias, ganhos altos, feitos gigantescos nos investimentos, apenas sorria, acene com a cabeça e siga com sua vida. Lembre-se sempre da máxima: nada nesta vida sai de graça!

Descomplique: Método para guardar até R$ 10 mil em um ano

UOL Notícias

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL