PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Descomplique

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Como economizar nos grandes gastos da vida

Getty Images
Imagem: Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

04/02/2021 04h00

Tudo vai bem quando começamos a economizar. Começa a cuidar do seu dinheiro, se dedica de verdade as suas finanças e até começa a investir. De repente e sem aviso prévio, surgem gastos enormes e que acabam desestabilizando todo seu planejamento, levando suas finanças novamente à estaca zero.

Carro, viagem, casamento, esses são alguns exemplos de despesas inesperadas e rotineiras. Por serem gastos considerados como normais de ter, o impacto que causam no bolso é enorme. Fazendo ajustes é possível diminuir bastante esse choque nas finanças e por isso separei algumas dicas para aliviar um pouco seu bolso com essas despesas.

CASAMENTO

Só pela palavra casamento ser mencionada, pode-se esperar pagar duas a três vezes mais caro por qualquer item que esteja procurando. É possível achar meios de conseguir bons descontos e ainda realizar sua festa, seja buscando um novo fornecedor, fazendo algo menor ou até mesmo fazendo por conta própria.

Todo desconto que conseguir, por menor que seja, faz toda diferença no saldo final da conta. O valor final de uma festa de casamento é calculada multiplicando o item ou serviço pela quantidade de convidados que você terá em sua festa, portanto é de suma importância pensar com carinho na lista. É fácil cair na tentação e acabar chamando todo mundo, terminando assim com uma grande indigestão de presente.

Adote critérios práticos e fáceis para essa escolha, como não convidar parentes de terceiro grau ou não chamar pessoas que não tem contato há mais de 3 anos. Dessa forma você evita gastos desnecessários e ainda por cima foge de brigas desnecessárias.

VIAGENS

Planejamento e pesquisa são as palavras-chave para economizar com viagens. Os seus gastos podem até triplicar de valor apenas pela escolha de uma data diferente de embarque ou por escolher uma estadia bem no meio do centro turístico do lugar.

Elenque prioridades para a sua viagem e corte os gastos que fogem disso. Se o seu objetivo é viajar para conhecer a gastronomia local, não tem sentido em economizar com a comida. O que você pode fazer é compensar esses gastos com passeios e com um hotel um pouco mais barato.

Procure viajar sempre que possível na baixa temporada. Busque informações em sites e fóruns da internet e veja quais são as atrações com melhor custo-benefício do local.

Normalmente, a grande massa de turistas costuma frequentar os lugares mais triviais, fazendo com que eles fiquem mais caros e consequentemente, outros pontos muito legais e pouco explorados, saiam mais em conta.

CARRO

Carro é um bem que sofre muito com a desvalorização. Assim que você sai da concessionária, seu veículo já está mais barato e não vale mais o mesmo que você pagou. Se você é uma pessoa que gosta de trocar de veículo com pouco tempo de uso, infelizmente está perdendo muito dinheiro com essa atitude.

Aguente firme e tente trocar seu carro após 4 anos de uso. Dê preferência por veículos seminovos. Fazendo isso, a economia que você vai conseguir ao longo dos anos é enorme e dessa maneira você também consegue fugir do período de maior desvalorização do seu carro, que é logo nos primeiros anos.

Evite fazer financiamentos. Tente pagar o máximo possível à vista. Apesar dos juros do financiamento serem relativamente baixos (1% a 4% ao ano), quando somados, dá para perceber o grande estrago feito no bolso.

Todos esses gastos mencionados no texto são coisas que fazem parte do nosso dia a dia, de nossas vidas. A diferença entre gastar e ficar sem grana e consegue aproveitar bem e economizar está em fazer um planejamento e pesquisar sobre o assunto antes. Não deixe que coisas triviais tomem conta do seu orçamento.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL