PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Econoweek

Como descobrir se uma ação é lucrativa usando um indicador chamado ROE?

César Esperandio

César Esperandio

César Esperandio é economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

21/07/2020 04h00

Você sabe o quanto sua empresa é lucrativa? E o quanto sua ação gera de lucro para você?

Eu sou César Esperandio, economista do Econoweek, a tradução da economia e dos investimentos. Nesse artigo, bem como no vídeo acima, vou traduzir tudo sobre o ROE, um indicador fundamentalista de investimentos que mostra em quanto tempo você terá seu dinheiro investido de volta. Seja ao montar uma pequena empresa ou ao investir em ações de uma companhia gigante.

Um dos indicadores mais úteis que eu mais gosto de olhar na hora de decidir se compro ou não uma ação é justamente o ROE, Return on Equity. Ou, em português, retorno sobre patrimônio líquido. Talvez você até encontre por aí a sigla RPL, mas acostume-se com ROE, já que é assim que o mundo inteiro fala, inclusive no Brasil. E você não vai ficar perdido quando alguém falar desse jeito.

O que é ROE?

Agora, vamos entender direito o que é isso! O ROE é mais um indicador que mostra o quão rentável é uma empresa. Seja uma pequena empresa de garagem, ou mesmo grandes corporações com ações na Bolsa.

Se você tem uma microempresa, pode calcular o ROE dela e, junto com outros indicadores, começar a avaliar se ela é lucrativa e anda bem de saúde financeira.

Basicamente, você vai dividir o lucro pelo tamanho do patrimônio da empresa, e vai encontrar um valor percentual que mostra o quanto ela "rende" dado todo o investimento em patrimônio necessário para manter a empresa de pé.

Em essência, o ROE irá evidenciar o quanto o patrimônio da empresa consegue gerar de lucro para você, que é dono ou acionista dessa companhia.

Assim, se uma empresa tem um ROE de 10% e a concorrente apresenta ROE de 20%, com certeza a concorrente é mais rentável por ter uma ROE maior, que mostra que a cada R$ 100 de patrimônio, R$ 20 de lucro é gerado por ano.

Por incrível que pareça, há empresas com ROEs negativos, como é o caso da Oi, o que pode ser um mau sinal para o investidor. Por conta disso, tem até corretora dando suas ações de graça!

A fórmula do ROE é expressa pelo lucro líquido da empresa nos últimos 12 meses, dividido por seu patrimônio líquido.

ROE = Lucro Líquido / Patrimônio Líquido

O que é lucro líquido?

O lucro líquido, o numerador na parte de cima da fórmula da ROE, é simplesmente a diferença entre todo o faturamento da empresa (todo o dinheiro que entra, sem nenhum desconto) e o custo total da empresa. Essa diferença mostra o lucro líquido da companhia.

Se uma empresa teve faturamento de R$ 100 mil em um ano, e seu custo total foi de R$ 70 mil (incluindo pagamento de funcionários, aluguel e impostos), seu lucro líquido é de R$ 30 mil.

O que é patrimônio líquido?

Agora que você entendeu o que é lucro líquido, entender o que é patrimônio líquido fica muito mais fácil. Você já sabe que vai descontar alguma coisa.

O patrimônio líquido de uma empresa é a riqueza da companhia que pertence aos seus donos ou acionistas, e é diferença entre seus ativos e seus passivos. Um menos o outro.

Resumidamente, os ativos são as propriedades de uma empresa, como máquinas e equipamentos, prédios, estoque, dinheiro em caixa, pagamentos a receber etc.

Seus passivos incluem, dentre outras coisas, pagamentos a fornecedores, a funcionários e empréstimos.

Ao fazer a conta do total de ativos menos o total de passivos, chegamos ao patrimônio líquido da empresa.

Por enquanto, só falamos de ações e de empresas, mas vou dar um exemplo de um caso mais próximo ao dia a dia.

Vamos supor que você não possua nenhum patrimônio e a primeira coisa que vai comprar é um carro. Se comprar esse carro por R$ 20 mil, significa que você tem um patrimônio líquido de R$ 20 mil? Não necessariamente.

Seu patrimônio líquido será de R$ 20 mil apenas se não houver nenhuma pendência com esse carro, como multas e documentação atrasada, que são os passivos do automóvel.

O carro é o ativo e as pendências são os passivos.

Se essas pendências forem de R$ 5.000, na verdade seu patrimônio líquido será de R$ 15.000 (R$ 20.000 - R$ 5.000). E há casos em que o patrimônio líquido de um carro pode até ser negativo, já que as pendências podem ultrapassar o valor de compra.

Como analisar o ROE?

A análise do ROE é muito simples porque, como eu disse, mostra o tamanho do retorno gerado pelo patrimônio da empresa.

Na prática, ele serve para comparar duas empresas do mesmo setor, já que a que tiver ROE mais alto é mais rentável e gera mais lucro.

Supondo duas empresas que geraram o mesmo lucro em um ano, a que tem ROE mais alto precisou de menos patrimônio investido para gerar o mesmo lucro que a concorrente, mostrando que tem gestão e processos mais eficientes.

Imagine duas sorveterias concorrentes que geraram o mesmo lucro em um determinado ano, mas uma delas precisa de apenas metade dos freezers porque desenvolveu um método de fazer a massa do sorvete na hora, e pouca coisa precisa ser congelada. A empresa com menos freezers precisou de menos capital investido para gerar o mesmo lucro e, portanto, é mais eficiente e mais rentável que sua concorrente.

Se as duas sorveterias tivessem ações na Bolsa, eu preferiria as ações da sorveteria mais eficiente, com ROE mais alto.

Mas, como sempre, esse não é o único indicador que deve ser utilizado na hora de investir em ações, e eu já dividi com vocês materiais traduzindo outros indicadores de decisão de investimentos em ações, como o preço por valor patrimonial, o dividend yield e a margem líquida.

Se quiser saber mais sobre isso, deixe um comentário, que volto a esse tema. Mas, por enquanto, veja algumas corretoras com mais informações sobre o assunto:

É essa corretora que dá 100 ações da Oi para novos clientes. Mas é válido lembrar que o ROE da Oi é negativo, o que pode indicar ações problemáticas, como discutimos hoje.

Onde consultar o ROE?

Se quiser saber o ROE da sua empresa, acabei de mostrar como fazer isso. Mas e para calcular o ROE de uma empresa com ações na Bolsa? Muito simples! É só ir até ao site de Relações com Investidores da empresa que quer analisar.

Qualquer empresa com ações na Bolsa possui essa página para que todos possam acessar seus resultados e seu balanço patrimonial.

Já se você não quiser ter esse trabalho, há sites que já fazem a conta para você.

Eu uso bastante os sites da Fundamentus e da Suno Analítica, que já mostram o ROE calculado, bem como vários outros indicadores fundamentalistas de investimentos em ações para que você possa fazer sua decisão de investimento.

Qual outro indicador você usa para investir em ações? Conte nos comentários ou fale com a gente no nosso canal do YouTube, Instagram e LinkedIn. Também é possível ouvir nossos podcasts no Spotify. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.