PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Econoweek

Já se cadastrou no PIX? Saiba como fazer em 3 minutos

César Esperandio

César Esperandio

César Esperandio é economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

30/10/2020 04h00

Eu sou um dos que fez o cadastro no PIX meio tarde. Mas não tem problema se você também ainda não fez porque o PIX só começa a valer mesmo em 16 de novembro, e o cadastro também pode ser feito até depois disso.

Eu sou César Esperandio, economista do Econoweek, a tradução da economia. Agora, vou mostrar como fazer o cadastro no PIX e contar quais são os erros que podem acontecer para você já saber como resolver.

No vídeo acima, mostrei para todos os #Econoweekers a tela do meu celular enquanto fazia o cadastro PIX.

Mas o que é o PIX?

O PIX é uma tecnologia de transferências e pagamentos instantâneos desenvolvida pelo Banco Central e que serve como uma alternativa muito mais eficiente que os DOCs e TEDs, que vão continuar existindo. É mais uma opção.

Pelo PIX, você pode transferir dinheiro de graça e fazer pagamentos em até dez segundos, 24 horas por dia, sete dias por semana, incluindo fins de semana e feriados.

É realmente de graça! Uma exigência do Banco Central é que qualquer banco ou instituição financeira não poderia cobrar nada dos clientes pessoas físicas para usar o PIX para fazer quantos pagamentos e transferências quiserem.

Se quiser saber mais, a gente já fez conteúdo respondendo às 12 perguntas que mais recebemos sobre o PIX. LINK

Como fazer o cadastro?

Para fazer o cadastro no PIX, não é preciso fazer o download de nenhum aplicativo novo.

É só ir até ao aplicativo ou site do banco que você tem conta corrente e clicar em PIX, que com certeza é um botão novo e em grande destaque por lá.

Depois de começar o processo, você verá algumas telas que explicam como o PIX funciona e em seguida aparecerá opções para escolher a chave que quer identificar sua conta nesse banco.

As chaves PIX são os apelidos que você dá para a sua conta, que pode ser o seu CPF ou CNPJ, um e-mail, número do seu celular ou um código aleatório que o próprio sistema vai gerar para você.

Você pode escolher entre uma e cinco chaves para uma mesma conta se for pessoa física. Se for uma conta jurídica, ou seja, de empresa, pode cadastrar até 20 chaves PIX.

Caso também tenha conta em outro banco, as chaves não podem se repetir. Isso serve para haver uma única conta atrelada a sua chave PIX.

No meu caso, como tenho conta em mais de um banco, preferi usar uma única chave em vez de até cinco. Assim, posso escolher outros dados que sei de cabeça, como meu celular ou CPF, para outras contas.

Eu preferi, inclusive, alterar o e-mail que vou usar como chave dessa minha conta, que é uma possibilidade. Não é preciso usar o e-mail ou celular que você já tem cadastrado no banco.

Normalmente, a ativação da chave é instantânea. Mas se aparecer um aviso de "pendente", não precisa se preocupar. Provavelmente seu banco está recebendo solicitações demais, mas ele vai te avisar quando a chave estiver pronta para ser usada.

Para que serve a chave PIX?

A chave PIX serve para que você nunca mais tenha que passar todos seus dados para outra pessoa transferir dinheiro para você. E seu amigo também vai parar de errar tanto dado que tem que digitar.

Quando for fazer transferência para alguém, basta digitar a chave PIX que ela te passar e já vai aparecer o nome completo dela e apenas alguns dígitos do CPF para confirmar que está transferindo o dinheiro para a pessoa certa.

É muito mais segurança e facilidade!

Também é possível usar o PIX sem ter cadastrado nenhuma chave, mas aí você vai perder essa privacidade e comodidade porque terá que passar todos os seus dados, exatamente como ainda faz com DOD e TED. Mesmo assim, ainda vai contar com a transferência instantânea e sem custo do PIX.

Como alterar uma chave PIX?

"Ah, César! Cadastrei uma chave PIX em uma conta, mas pensei melhor e prefiro usar essa chave em outra conta. E agora?"

Não tem problema!

Você pode adicionar mais chaves a uma conta ou excluir uma já existente a qualquer momento. É só repetir o processo, clicando no botão PIX da sua conta e clicar em cima da chave criada para aparecer a opção "excluir".

Se quiser usar uma chave PIX já criada para outra conta, também é muito simples. É só criar essa mesma chave na outra conta, que o banco vai pedir a portabilidade dessa chave para a outra instituição financeira, sem que você tenha que se preocupar com nada. Apenas será preciso confirmar no aplicativo de ambas as contas que realmente está pedindo essa portabilidade.

O PIX é seguro?

Se você está se perguntando se o PIX é seguro. Sim, pode confiar.

Essa é a tecnologia mais moderna de pagamentos e transferências que está disponível atualmente, sendo que o sistema de pagamentos brasileiro já era uma das principais referências no mundo.

É claro que isso não quer dizer que você pode relaxar com a segurança dos seus dados, pois sempre haverá golpista querendo se aproveitar dos descuidados.

Então, ao usar o PIX, os mesmos cuidados de antes têm que ser tomados: não informe sua senha para ninguém e tome cuidado com sites suspeitos ou outros lugares onde insere seus dados.

Já fez o cadastro no PIX? Deixe um comentário! Também dá para falar com a gente em várias de nossas redes sociais, como nosso canal do YouTube, Instagram e nossos podcasts no Spotify. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.