PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Econoweek

Conheça duas contas que te ajudam a economizar na ceia de Natal

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone é economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

15/12/2020 04h00

Quando falamos em Natal, nos lembramos de decoração, presentes e comida. Mesmo que a ceia deste ano envolva menos pessoas e distanciamento, o mercado é um gasto que não dá para fugir. Na coluna de hoje, reuni duas contas para fazer durante as compras que te ajudarão a economizar. No vídeo acima, dou exemplos práticos sobre as contas e algumas outras dicas.

Você costuma fazer algum cálculo para comparar produtos? Responda nos comentários.

Conta por unidade, grama ou mililitro

Os produtos muitas vezes vêm em pesos diferentes o que acaba nos confundindo na hora de comparar seus valores. O correto é fazer a conta por unidade, grama ou mililitro para saber ao certo o que está saindo mais barato.

Para dar um exemplo, em uma lata de refrigerante de 250 mililitros que está sendo vendida por R$ 3,50, cada mililitro sai por R$ 0,014. Basta dividir o preço (R$ 3,50) pela quantidade (250 ml).

Assim, quando for comparar com unidades maiores ou menores faça a mesma conta para saber quanto está custando cada mililitro.

Preço do quilo

Cada vez mais, os mercados oferecem produtos já embalados em vez de pesados na hora. Isso tira um pouco a percepção do quanto estamos pagando no quilo do alimento.

No vídeo acima, mostro o exemplo de um bacon que estava sendo vendido a R$ 14,98. O pacote vinha com 140 gramas. Para saber o preço do quilo, basta multiplicar 1000 pelo preço (R$ 14,98) e dividir pelo peso (140 gramas). Neste caso, o quilo do pacote fechado custa R$ 107, um valor bem mais alto do que o bacon vendido por quilo no açougue (cerca de R$ 19).

Você pretende fazer compras de Natal para a ceia? Se ficou com alguma dúvida, comente abaixo ou converse com a gente pelo YouTube ou Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.