IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Conteúdo de Marca


Conteúdo de Marca

5 passos para reduzir riscos na abertura de um negócio

UOL Content_Lab para BB SEGUROS

26/11/2019 18h12

A ideia de abrir um negócio pode ser boa, mas para ter sucesso ao empreender é necessário se preparar muito bem com informações, pesquisa, planejamento e testes. Um bom plano de negócio é importante para evitar erros por falta de análise, diminuindo as incertezas do empreendedor. Além disso, ajuda a identificar eventuais ameaças ao projeto e também visualizar possíveis oportunidades.

Veja cinco passos essenciais na abertura da empresa, segundo manuais e cartilhas do Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas):

1. Defina o foco

Comida, pet shop, vendas de artigos, prestação de serviços: as possibilidades para o início de um negócio são inúmeras, e é preciso definir muito bem o que a nova empresa vai oferecer. Escolha algo com que tenha afinidade e conhecimento, pois será uma atividade à qual você terá de se dedicar muito. É importante ter alguma experiência prévia no ramo ou buscar capacitação.

2. Estude o mercado

Por meio de pesquisas de mercado, como entrevistas, saiba quem é o seu público, e entenda seus hábitos de consumo. Aprenda também o máximo possível sobre como funciona o ramo escolhido na região onde vai abrir o negócio. Pesquise a concorrência e avalie os pontos positivos e negativos deles. Ideias criativas, que oferecem melhoria em relação ao que existe no mercado, podem ser um diferencial do seu negócio.

3. Calcule a viabilidade

Ponha no papel os gastos que terá na abertura do negócio, como investimento em estrutura e aquisição de bens, treinamento e divulgação. Preveja ainda os custos mensais para manter a empresa aberta, como despesas fixas (aluguel, internet, salários) e variáveis (insumos, transporte, impostos). Considere o preço que você precisa cobrar na venda dos produtos ou serviços, e quanto precisa arrecadar por mês para o caixa ficar no azul. Pesquise se seus futuros clientes estão dispostos a pagar o valor que você quer propor. Além disso, reserve um dinheiro para se manter enquanto a atividade não dá lucro, em geral esse prazo é de dois anos, mas varia conforme o negócio.

4. Teste a ideia

Antes de abrir a empresa para valer, procure fazer testes. Ofereça o seu produto ou serviço numa pequena escala, com o mínimo de investimento possível. Muitas vezes não é necessário começar num ponto fixo e estruturado. É possível testar antes se há mercado e interesse do público vendendo pela internet ou oferecendo no boca a boca. Ao colocar um teste para rodar, você identifica melhorias a serem feitas e ajustes necessários ao negócio.

5. Divulgue

Com a ideia bem formatada e os testes feitos, é hora de investir em divulgação. Busque se fortalecer nas redes sociais, ofereça seus produtos e serviços em eventos, faça networking, peça que sua rede de relacionamentos recomende sua empresa. E esteja preparado para a alta na demanda. Com mais procura, é importante que sua empresa seja capaz de manter o nível de qualidade do que oferece.