Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha estável, à espera da equipe econômica; Gerdau cai mais de 6%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou estável nesta segunda-feira (16), sem variação,51.802,92 pontos.

Na sexta-feira, a Bolsa havia caído 2,7%, mas encerrado a semana com leve alta de 0,17%.

Investidores aguardam a divulgação dos membros que integrarão a equipe econômica do presidente interino Michel Temer (PMDB). A divulgação dos nomes, incluindo o do presidente do Banco Central, estava marcada para esta segunda, mas o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, adiou o anúncio para amanhã.

JBS dispara mais de 16%

As ações da JBS (JBSS3), dona da Friboi e da Seara, dispararam 16,38% nesta segunda, a R$ 12,22.

Na semana passada, a companhia, a maior processadora de carne bovina do mundo, anunciou a criação de uma subsidiária internacional, com sede da Irlanda e ações na Bolsa de Nova York.

A empresa também anunciou prejuízo líquido de R$ 2,741 bilhões no primeiro trimestre. 

Papéis da Petrobras sobem 3%

As ações da Petrobras, com grande peso no Ibovespa, avançaram, em dia de alta no preço do petróleo no mercado internacional.

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3), com direito a voto em assembleia, ganharam 3,47%, a R$ 12,54. As ações preferenciais da Petrobras (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, subiram 3,07%, a R$ 9,75.

Gerdau cai após presidente ser indiciado

Os papéis do grupo siderúrgico Gerdau despencaram nesta sessão. As ações da Gerdau Metalúrgica (GOAU4) perderam 7,6%, a R$ 2,31, e as ações do grupo Gerdau (GGBR4) caíram 6,67%, a R$ 6,16.

Mais cedo, o presidente-executivo da siderúrgica, André Gerdau, foi indiciado pela Polícia Federal por suspeita de participar de um esquema de fraudes no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), órgão ligado ao Ministério da Fazenda. O esquema de sonegação é investigado na operação Zelotes. 

Procurada pelo UOL, a Gerdau afirmou que, até o momento, não recebeu informações oficiais sobre o tema e que se pronunciará somente após ser notificada.

Dólar cai 0,55%, a R$ 3,504

No mercado de câmbio, o dólar comercial começou a semana em queda, fechando em baixa de 0,55% nesta segunda-feira (16), a R$ 3,504 na venda. 

Na sexta-feira, o dólar havia subido 1,47% e fechado a semana com alta e 0,59%. 

Bolsas internacionais

A maioria das Bolsas de Valores da Europa fechou em queda.

  • Portugal: -0,68%
  • Espanha: -0,45%
  • França: -0,18%
  • Itália: +0,04%
  • Inglaterra: +0,21%
  • Alemanha: não abriu

As Bolsas da Ásia e do Pacífico, por outro lado, terminaram o dia em alta.

  • China: +0,84%
  • Japão: +0,33%
  • Hong Kong: +0,84
  • Taiwan: +0,17%
  • Austrália: +0,56%
  • Coreia do Sul: +0,05%
  • Cingapura: +0,04%

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos