PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cotações

Dólar fecha em alta de 0,87%, a R$ 3,144, após governo cortar gastos

Do UOL, em São Paulo

30/03/2017 17h06

O dólar comercial fechou esta quinta-feira (30) em alta de 0,87%, cotado a R$ 3,144 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia caído 0,7%.

O governo anunciou na quarta-feira (29) um corte de R$ 42,1 bilhões em despesas públicas federais, além de duas medidas para aumentar a arrecadação. A primeira é a cobrança do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para cooperativas de crédito. A segunda é a volta de impostos que haviam sido suspensos para beneficiar alguns setores da economia.

Nesta quinta, o Banco Central piorou a previsão para o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro e diminuiu a expectativa de inflação para este ano. Agora, o órgão estima crescimento de 0,5% da economia e inflação de 4%, de acordo com o relatório trimestral de inflação, divulgado na manhã desta quinta-feira.

Além disso, o BC vendeu nesta sessão 10 mil contratos de swaps tradicionais, equivalente à venda futura de dólares, no último leilão para rolagem dos contratos de abril.

(Com Reuters)

Mais sobre Bolsa e dólar

  • UOL

    Direto da Bolsa

    Dólar e Bolsa são influenciados pelas notícias do dia. Leia os destaques de hoje aqui

  • Thinkstock

    UOL Invest

    O simulador de Bolsa UOL Invest é grátis e permite que você aprenda como investir e concorra a tablets e passagens aéreas. Acesse por computador e tablet (clique nesta mensagem) ou celular (digite ou copie: uolinvest.economia.uol.com.br)

  • Alex Almeida/Folhapress

    Consulte suas ações

    Quer saber o preço de suas ações preferidas? Consulte o UOL Cotações, veja gráficos no formato que quiser, desempenho no dia e histórico de 1 ano. Acesse por computador e tablet (clique nesta mensagem) ou celular (digite ou copie: http://uol.com/bfdNjz)

  • Shutterstock

    Histórico do dólar

    Precisa saber quanto estava custando o dólar, o euro, o peso argentino um tempo atrás? Veja o histórico do UOL Cotações de até 1 ano para as principais moedas do mundo. Acesse grátis por computador e tablet (clique nesta mensagem) ou celular (digite ou copie: http://uol.com/bwdPmd)

Cotações