Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em queda; Estácio tomba 7% e JBS despenca 4%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta segunda-feira (5) em queda de 0,1%, a 62.450,45 pontos. Na sexta-feira (2), a Bolsa havia subido 0,36%.

A maior queda do dia foi da Estácio Participações, que tombou 7,02%. Ainda no setor de educação, a Kroton teve baixa de 3,2%. Nesta segunda, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) decidiu adiar o julgamento sobre o pedido de fusão das duas empresas sinalizando que pode exigir a venda de mais negócios para aprovar a união.

As ações do Banco do Brasil e da mineradora Vale caíram mais de 1%, enquanto os papéis do Bradesco e do Itaú Unibanco tiveram leves quedas. Por outro lado, as ações da Petrobras fecharam em alta. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Além disso, os papéis da JBS, empresa no centro das denúncias contra o presidente Michel Temer, despencaram 4,08%. As ações da companhia têm apresentado grandes oscilações desde que foi divulgado o conteúdo das delações premiadas de seus executivos.

Dólar sobe 1,03%, a R$ 3,288

dólar comercial fechou em alta de 1,03%, cotado a R$ 3,288 na venda. É o terceiro avanço seguido da moeda norte-americana, que havia subido 0,24% na sexta-feira (2).

Investidores continuam atentos aos desdobramentos da crise política. Na próxima terça-feira (6), o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) vai julgar ação sobre a cassação da chapa Dilma Rousseff-Temer, vencedora das eleições de 2014.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos