Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em queda de 1,08%; ação da Eletrobras dispara mais de 16%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quinta-feira (6) em queda de 1,08%, a 62.470,33 pontos. Na véspera, a Bolsa havia caído 0,12%.

As ações da JBS e da Ambev ficaram entre as maiores baixas do dia, com queda de mais de 2%. Os papéis do Banco do Brasil, do Bradesco, do Itaú Unibanco e da Petrobras também tiveram desvalorização. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Por outro lado, as ações ordinárias (com direito a voto) da Eletrobras dispararam 16,14%, a R$ 15,83. Foi a maior alta do dia do índice. Os papéis preferenciais (com prioridade na distribuição de dividendos) da estatal de energia saltaram 10,45%, a R$ 19,13.

Investidores estavam otimistas após o governo propor uma reforma para o setor elétrico, que inclui mecanismos para facilitar privatizações que devem incentivar vendas de negócios pela estatal.

Dólar sobe 0,18%, a R$ 3,298

dólar comercial fechou em alta de 0,18%, cotado a R$ 3,298 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia caído 0,53%.

O mercado estava novamente de olho no cenário político. Na véspera, a defesa de Michel Temer foi entregue à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, que analisa a denúncia contra o presidente por crime de corrupção passiva, com base nas delações dos executivos da J&F, controladora da JBS.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos