Bolsas

Câmbio

Dólar e Bolsa fecham quase estáveis; moeda vai a R$ 3,331 na venda

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial fechou esta quarta-feira (28) praticamente estável, com leve baixa de 0,01%, cotado a R$ 3,331 na venda. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, registrou leve alta de 0,08%, a 83.874,13 pontos. Na véspera, a moeda norte-americana subiu 0,84%, e a Bolsa caiu 1,5%.

Entre os destaques da Bolsa, as ações da Eletrobras terminaram o dia em queda (-4,78%) e lideraram as perdas do índice nesta quarta-feira. Alvo de um plano de privatização, a empresa reportou na véspera prejuízo de R$ 1,726 bilhão em 2017, após lucrar R$ 3,513 bilhões em 2016.

As ações da Petrobras (-1,24%) e do Banco do Brasil (-0,52%) tiveram queda, enquanto os papéis da mineradora Vale (+1,66%), do Itaú Unibanco (+0,92%) e do Bradesco (+0,65%) fecharam em alta. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Atuação do BC e exterior

No exterior, o jornal estatal chinês "Global Times" noticiou que a China anunciará em breve uma lista de tarifas retaliatórias sobre exportações dos Estados Unidos. Além disso, notícias de que o presidente norte-americano, Donald Trump, e a chanceler alemã, Angela Merkel, discutiram "unir forças para combater" as práticas econômicas da China e o suposto roubo de propriedade intelectual aumentaram os temores de uma guerra comercial.

No Brasil, os investidores também estavam cautelosos com o julgamento de habeas corpus em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo STF (Supremo Tribunal Federal), na próxima semana. Lula, que lidera as pesquisas de intenção de votos, é considerado um candidato menos comprometido com as contas públicas.

Ainda no cenário interno, o Banco Central brasileiro vendeu nesta sessão toda a oferta de até 12,7 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, e concluiu a rolagem do vencimento de abril, de US$ 9,029 bilhões. 

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos