ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Cotações

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 4,13; Bolsa sobe

Do UOL, em São Paulo

05/09/2018 09h20Atualizada em 05/09/2018 17h35

O dólar comercial operava em queda na tarde desta quarta-feira (5). Por volta das 15h30, a moeda norte-americana se desvalorizava 0,60%, a R$ 4,128 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,62%, a 75.175,61 pontos.

Na véspera, o dólar fechou com leve ganho de 0,03%, a R$ 4,153 na venda. Foi novamente o maior valor de fechamento desde 21 de janeiro de 2016 (R$ 4,166). A Bolsa terminou o dia em queda de 1,94%.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Leia também:

Cautela com eleições

Investidores continuam atentos ao cenário político, com a indefinição sobre o quadro eleitoral diante de pedido do Partido dos Trabalhadores junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar manter a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na terça-feira (4), o Ibope deixou de divulgar uma pesquisa sobre a disputa presidencial, e fez uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) após realizar uma "adequação" que retirou da pesquisa o cenário com Lula.

Guerra comercial e atuação do BC

Investidores também seguem cautelosos sobre o cenário internacional, com renovadas preocupações com a guerra comercial entre Estados Unidos e seus parceiros.

No Brasil, o Banco Central ofertou e vendeu integralmente 10,9 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando US$ 1,635 bilhão do total de US$ 9,801 bilhões que vence em outubro.

Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

(Com Reuters)