IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Cotações


Dólar tem maior queda em um mês e fecha a R$ 3,927; Bolsa emenda 3ª alta

Do UOL, em São Paulo

08/08/2019 17h06Atualizada em 08/08/2019 17h29

O dólar comercial fechou o dia em queda de 1,21%, a R$ 3,927 na venda. É a maior queda diária em quase um mês, desde 10 de julho (-1,3%). O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, emendou a terceira alta seguida e fechou com valorização de 1,30%, a 104.115,23 pontos. É o maior nível em mais de duas semanas, desde 24 de julho (104.119,54 pontos).

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Tensão entre EUA e China

No cenário externo, dados positivos sobre a China acalmaram parte dos temores ligados à disputa comercial entre chineses e norte-americanos. As exportações chinesas em julho cresceram 3,3% em relação ao ano anterior, enquanto analistas esperavam uma queda de 2%. Foi o maior avanço desde março.

Apesar da melhora dos mercados hoje, investidores avaliam que a cautela permanece e não descartam uma rápida reversão do movimento, de positivo para negativo.

Em evento em São Paulo pela manhã, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reconheceu que a tensão comercial está começando a afetar alguns mercados emergentes.

Reforma da Previdência

No cenário local, a Câmara dos Deputados concluiu no fim da noite de quarta-feira a votação em segundo turno da reforma da Previdência, com parlamentares rejeitando todos os destaques apresentados. O texto seguiu para o Senado, onde foi recebido pelo presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

O relato do texto, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), disse que o Senado deve deixar o texto da Câmara praticamente inalterado e aprová-lo com rapidez.

Eventuais alterações deverão ser feitas por uma outra PEC (Proposta de Emenda à Constituição), que vem sendo chamada de PEC Paralela. A estratégia visa garantir aprovação rápida do texto, já que ele precisará retornar à Câmara se for alterado pelos senadores.

Atuação do BC

O Banco Central vendeu hoje todos os 11 mil contratos de swap cambial tradicional ofertados em rolagem do vencimento outubro. Em cinco operações até agora neste mês, o BC promoveu a rolagem de US$ 3,3 bilhões, de um total de US$ 11,5 bilhões.

(Com Reuters)

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Cotações