IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Cotações


Dólar tem alta e fecha a R$ 3,984; Bolsa tem segunda queda consecutiva

Dólar fecha com maior valor desde o final de maio - Getty Images/iStockphoto
Dólar fecha com maior valor desde o final de maio Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL*, em São Paulo

12/08/2019 17h08Atualizada em 12/08/2019 17h32

O dólar comercial fechou o dia em alta de 1,06%, a R$ 3,984 na venda. É o maior valor desde 28 de maio, quando fechou em R$ 4,024. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, emendou a segunda queda consecutiva e fechou com desvalorização de 2%, a 101.915,22 pontos.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Guerra comercial e eleições na Argentina

Investidores estavam cautelosos com o cenário externo. A principal preocupação era com a disputa comercial entre Estados Unidos e China, que demora a encontrar uma solução.

Também contribuía para o sentimento de aversão ao risco, especialmente nos países emergentes, o resultado das eleições primárias na Argentina no fim de semana, que apontaram para uma derrota da chapa do atual presidente, Mauricio Macri.

Investidores veem o candidato de oposição Alberto Fernández --cuja companheira de chapa é a ex-presidente Cristina Kirchner-- como uma perspectiva mais arriscada do que o pró-mercado Macri devido às políticas intervencionistas durante o governo Kirchner.

Reforma da Previdência

No Brasil, o mercado acompanha o avanço da pauta econômica, principalmente a reforma da Previdência no Senado. Na sexta-feira (9), o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que a reforma será aprovada pelo Casa e que eventuais alterações que possam ocorrer na proposta serão viabilizadas por meio de uma chamada Proposta de Emenda à Constituição (PEC) paralela.

(Com informações da Reuters)

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Mais Cotações