PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Cotações

Dólar cai 0,54%, cotado a R$ 5,079; Bolsa sobe 0,46% e encosta em recorde

Do UOL, em São Paulo

17/12/2020 17h23Atualizada em 17/12/2020 19h04

O dólar comercial fechou hoje (17) em queda de 0,54% ante o real, cotado a R$ 5,079 na venda.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Ontem (16), a moeda norte-americana fechou o dia em alta de 0,34% ante o real, cotado a R$ 5,106 na venda.

Já o Ibovespa, principal indicador da Bolsa de Valores brasileira, fechou em alta hoje (17). O índice teve uma valorização de 0,46% aos 118.400,57 pontos. É a maior pontuação desde 23 de janeiro, quando atingiu 119.527,63 pontos, recorde nominal (sem considerar a inflação) do Ibovespa.

Ontem (16), o índice subiu 1,47% e registrou 117.857,35 pontos.

As ações da Braskem lideraram os ganhos na Bolsa, com 7,59% de alta. Na outra ponta, os papéis das CVC caíram 3,29%.

O dia foi positivo para as mais variadas classes de ativos de risco, como dólar e Bolsa, com investidores mirando aprovação de novos estímulos nos Estados Unidos e início de vacinação contra a covid-19 em importantes economias.

Para o banco Santander, a imunização da sociedade contra o coronavírus é "crucial" no processo de recuperação da economia brasileira, uma vez que tende a melhorar a confiança e aumentar a mobilidade, disse Ana Paula Vescovi, economista-chefe do Santander Brasil.

"Não adianta você, sem uma imunidade de rebanho e sem uma redução substancial dos índices de contágio, retirar regras de restrição à mobilidade. Isso geraria desconfiança, incerteza, insegurança", disse Vescovi à Reuters. "A questão da vacinação é fundamental nesses dois aspectos da recuperação da economia", completou.

(Com Reuters)

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no título e no texto, o Ibovespa fechou o dia em alta de 0,46%, e não 0,54%. A informação foi corrigida.

Cotações