PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Cotações

Dólar fica quase estável e fecha em R$ 5,211; Bolsa cai 0,87%

O destaque positivo de hoje na B3 foi a Hypera (HYPE3), com uma alta de 2,88%. Por outro lado, a Braskem (BRKM5) teve a maior baixa do dia, caindo 5,69% - Cris Faga/NurPhoto via Getty Images
O destaque positivo de hoje na B3 foi a Hypera (HYPE3), com uma alta de 2,88%. Por outro lado, a Braskem (BRKM5) teve a maior baixa do dia, caindo 5,69% Imagem: Cris Faga/NurPhoto via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/07/2021 17h25

O dólar fechou o dia hoje a R$ 5.211, ficando quase estável, com uma variação de apenas 0,05%.

Nas variações semanal, mensal e anual, a moeda americana subiu 1,86%, 4,77% e 0,42%, respectivamente.

A Bolsa seguiu a mesma direção da divisa e terminou o dia com uma queda de 0,87%, após três dias seguidos de alta. O pregão foi encerrado em 125.052,78 pontos. Na comparação semanal, a Bolsa caiu 0,72%.

O destaque positivo de hoje na B3 foi a Hypera (HYPE3), com uma alta de 2,88%. Por outro lado, a Braskem (BRKM5) teve a maior baixa do dia, caindo 5,69%.

A queda no preço do minério de ferro levou a uma baixa nas ações na Vale, o que ajudou a derrubar o Ibovespa. No entanto, analistas acreditam que a bolsa brasileira deve se recuperar nos próximos dias.

"Preços de commodities favoráveis, uma base de comparação fraca em relação ao ano anterior e uma reabertura da economia devem levar a resultados operacionais sólidos para a maioria das empresas", espera a equipe do Santander Brasil.

Em termos consolidados, eles estimam alta de 180% no lucro líquido, de 91% no Ebitda e de 52% na receita líquida, afirma o relatório assinado pelo estrategista Ricardo Peretti.

"Os cíclicos globais - produtores de commodities, especialmente a Vale - mais uma vez devem contribuir mais para este crescimento anual robusto, em nossa visão." Excluindo-os, o Ebitda deve crescer 12% em relação ao ano anterior.

(Com Reuters)

PUBLICIDADE

Cotações