PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Cotações

Bolsa cai 3,10% na pior semana desde fevereiro; dólar desce a R$ 5,185

Em 2021, o Ibovespa já acumula perdas de 1,75%, enquanto o dólar está estável, com ligeira queda de 0,08% - Cris Faga/NurPhoto via Getty Images
Em 2021, o Ibovespa já acumula perdas de 1,75%, enquanto o dólar está estável, com ligeira queda de 0,08% Imagem: Cris Faga/NurPhoto via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

03/09/2021 17h23Atualizada em 03/09/2021 17h34

Depois de registrar forte queda na última sessão, o Ibovespa encerrou a sexta-feira (3) em alta de 0,22%, aos 116.933,24 pontos. Mesmo com o resultado positivo, o principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3) chega ao fim da semana em queda acumulada de 3,10%, o pior resultado semanal desde o fim de fevereiro (-7,09%).

Na semana passada, o Ibovespa havia registrado ganhos de 2,22%.

Já o dólar terminou o dia praticamente estável, em leve alta de 0,03%, cotado a R$ 5,185 na venda. Nesta semana, a moeda americana somou perdas de 0,21% frente ao real, depois de registrar forte queda de 3,52% na anterior.

Em 2021, o Ibovespa já acumula perdas de 1,75%, enquanto o dólar permanece estável, com ligeira queda de 0,08%.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Reforma ainda repercute

Investidores ainda digeriam hoje a aprovação da reforma do Imposto de Renda na Câmara dos Deputados. O projeto, que agora segue para apreciação do Senado, prevê a criação de um imposto de 15% sobre dividendos — mudança que impacta diretamente os acionistas e, por isso, não repercutiu bem, levando à queda de mais de 2% do Ibovespa na sessão de ontem.

A tributação de dividendos era defendida pelo governo federal e pelo relator da reforma, deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA), como forma de compensar a redução do IR cobrado das empresas, mas tem sido alvo de críticas de muitos agentes do mercado.

Além disso, segundo escreveu a equipe de pesquisa da Levante Investimentos, a aprovação do texto "não foi vista como uma vitória do governo na Casa, uma vez que o projeto final ficou bastante distante do entregue pela equipe econômica e deve frustrar as receitas do Executivo".

Há efeito negativo do ponto de vista fiscal para os próximos anos.
Equipe da Levante Investimentos

Dólar se recuperou

O dólar chegou à casa dos R$ 5,13 pela manhã após a divulgação de dados do emprego nos Estados Unidos. Segundo o Departamento do Trabalho americano, foram criadas 235 mil vagas no país em agosto, resultado muito abaixo da expectativa de 728 mil novos postos de trabalho, de acordo com pesquisa da Reuters.

Mas a forte desvalorização frente ao real durou pouco, e a moeda americana voltou à estabilidade antes mesmo do meio-dia.

"A criação de vagas [nos EUA] veio bem abaixo do esperado, mas, quando você analisa com atenção, vê que o reajuste salarial norte-americano veio bem acima das expectativas", explicou à Reuters Thomas Giuberti, sócio da Golden Investimentos, em referência à alta de 0,6% na renda média por hora dos trabalhadores americanos. A projeção para agosto era de 0,3%.

(Com Reuters)

PUBLICIDADE

Cotações