PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Cotações

Após 3 dias em queda, dólar e Bolsa fecham em alta; moeda fica a R$ 4,689

Ao longo do dia, o dólar oscilou entre a alta, estabilidade e até mesmo um cenário de leve queda, mas acabou o dia em alta - Getty Images
Ao longo do dia, o dólar oscilou entre a alta, estabilidade e até mesmo um cenário de leve queda, mas acabou o dia em alta Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

13/04/2022 17h24

O dólar e a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) reverteram a tendência de queda observada nos últimos três dias e fecharam esta quarta-feira (13) em alta. A moeda estrangeira subiu 0,26%, cotada a R$ 4,689. O Ibovespa, principal índice da B3, encerrou o pregão com alta de 0,55%.

Em relação à semana anterior, houve baixa do dólar de 0,43%. Na variação mensal, a moeda desceu 1,52% e na anual baixou 15,91%.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Ao longo do dia, o dólar oscilou entre a alta, estabilidade e até mesmo um cenário de leve queda, mas acabou o dia em saldo positivo.

Bolsa fecha em alta de 0,55%

Por sua vez, a Bolsa de Valores de São Paulo se recuperou após três dias seguidos de quedas e fechou o dia a 116.781,96 pontos, com alta de 0,55% em relação a ontem.

Na variação semanal, a Bolsa caiu 1,30% e na mensal, 2,68%. Na anual o balanço é 11,41% positivo.

O desempenho do Ibovespa foi puxado principalmente pelas altas de empresas de commodities (matérias-primas) como Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3/PETR4)

O crescimento acima do esperado das vendas no varejo brasileiro corroborava humor mais positivo. O setor avançou 1,1% em fevereiro ante janeiro, segundo o IBGE, bem acima das expectativas de alta de 0,1%, segundo pesquisa da Reuters. O número de janeiro foi revisado de aumento de 0,8% para 2,1%.

O bom desempenho do indicador em fevereiro faz contraponto à decepção com dado do setor de serviços abaixo do projetado divulgado na véspera.

A maior alta foi da Ultrapar (UGPA3), empresa de distribuição de combustíveis, que teve cresceu 4,10%. O destaque negativo ficou com a empresa de turismo CVC Brasil (CVCB3), que caiu 2,88%.

*Com Reuters

Cotações