PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Cotações

Dólar sobe pela 4ª semana, a R$ 5,253, maior valor em 4 meses; Bolsa cai

O dólar chegou ao maior patamar de fechamento desde 8 de fevereiro deste ano (R$ 5,261) - Getty Images
O dólar chegou ao maior patamar de fechamento desde 8 de fevereiro deste ano (R$ 5,261) Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo*

24/06/2022 17h30

O dólar comercial emendou a terceira alta seguida, de 0,44%, e fechou cotado a R$ 5,253. É o maior patamar de fechamento desde em mais de quatro meses, desde 8 de fevereiro (R$ 5,261). Com o resultado de hoje, o dólar fechou a semana com alta de 2,11%, encerrando a quarta semana consecutiva de ganhos.

O Ibovespa, principal índice da B3, a Bolsa de Valores brasileira, também fechou em alta, de 0,6%, a 98.672,26 pontos, após três quedas seguidas. Na variação semanal, porém, a Bolsa caiu 1,15%, emendando a quarta semana de perdas.

A ação com maior alta no dia foi da companhia aérea Gol (GOLL4), que subiu 7,32%, enquanto o destaque negativo foi a Petz (PETZ3), que despencou 6,06%.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Bolsa tem leve recuperação

A Bolsa teve uma leve recuperação nesta sexta, após atingir o patamar mais baixo desde novembro de 2020 no pregão de ontem.

Apesar da alta na sessão, persistem temores sobre os riscos de recessão no mundo, mas principalmente nos Estados Unidos, diante do aperto mais agressivo de juros no país.

"Seguimos em uma dinâmica em que o mercado está deixando de olhar apenas a inflação como problema para o mundo, e passando a dar atenção grande a uma possível recessão", avaliou o diretor de investimentos da TAG, Dan Kawa.

*Com Reuters

Cotações