PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Cotações

Dólar sobe 1,94%, a R$ 5,279, com ida de Pelosi a Taiwan e reunião do BC

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo*

02/08/2022 15h22Atualizada em 02/08/2022 17h29

O dólar comercial avançou 1,94% e chegou aos R$ 5,279 hoje. A alta se deve à ida da presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taiwan e, consequentemente, maior tensão entre o país norte-americano e a China.

Autoridades chinesas disseram que as Forças Armadas não "ficariam só olhando" a democrata ir à ilha —o que gerou uma resposta da Casa Branca.

"Os Estados Unidos precisam respeitar o princípio da China Única, os três comunicados sino-americanos e manter a promessa de Joe Biden de não apoiar a independência de Taiwan", disse ontem um dos porta-vozes do Ministério das Relações Exteriores de Pequim, Zhao Lijian.

Em meio à irritação da China, quatro navios de guerra dos Estados Unidos, incluindo um porta-aviões, foram posicionados hoje em águas a leste de Taiwan, no que a Marinha norte-americana chamou de destacamentos de rotina.

Apesar do principal fator de estresse ser a tensão geopolítica, conforme informou a equipe de research do PagBank, o cenário brasileiro também é um fator para a alta do dólar hoje.

No âmbito nacional, investidores estão em alerta para a reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central, que começou hoje e terá um anúncio formal sobre o novo nível da Selic, a taxa básica de juros, amanhã.

Atualmente, a Selic está a 13,25% ao ano e a expectativa majoritária do mercado financeiro é de alta de 0,50 ponto porcentual dos juros básicos, para 13,75% ao ano.

Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), subiu 1,11%, aos 103.361,70 pontos, hoje.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

*Com Reuters e Agência Estado

Cotações