IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Em dia de juros e política quente, dólar fecha abaixo de R$ 5 e Bolsa cai

Rick Wilking/Reuters
Imagem: Rick Wilking/Reuters

Do UOL, em São Paulo

03/05/2023 17h25Atualizada em 03/05/2023 17h34

O dólar comercial encerrou em baixa de 1,086%, cotado a R$ 4,992. O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), fechou em queda de 0,13%, aos 101.797,09 pontos.

O que aconteceu:

Nos Estados Unidos, o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) elevou a taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual, como já era esperado. A taxa agora se encontra no intervalo entre 5% e 5,25%, no décimo aumento consecutivo do Fed desde março de 2022.

Em uma mudança evidente, o banco central não diz mais que "antecipa" que novas elevações de juros serão necessárias, apenas que observará os dados recebidos para determinar se mais aumentos "podem ser apropriados".

Na conferência de imprensa após a divulgação da decisão sobre os juros, o chair Jerome Powell disse que o Fed ainda vê a inflação como muito elevada e que as altas pressões de preços continuam a ser motivo de preocupação para o banco central.

Cenário interno

No Brasil, a expectativa dos investidores é o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central, que se reúne hoje e vai anunciar a decisão sobre a taxa de juros no início da noite.

Os especialistas esperam que o órgão mantenha o aperto monetário com a Selic em 13,75% ao ano, mesmo com as pressões do governo federal para redução da taxa.

O noticiário político também esquentou. A Polícia Federal prendeu ex-auxiliares do ex-presidente Jair Bolsonaro e fez buscas em sua casa por suposta fraude relacionada a sua vacinação contra covid-19.

(Com Reuters)