IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Após fala de Haddad, Bolsa sobe 2,91%; dólar cai e fica a R$ 4,944

Amanda Perobelli/Reuters
Imagem: Amanda Perobelli/Reuters

Do UOL*, em São Paulo

05/05/2023 17h23Atualizada em 05/05/2023 17h26

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), fechou em alta de 2,91%, aos 105.148,48 pontos. Na semana, o índice subiu 0,69%.

O dólar comercial caiu 0,99% hoje e encerrou cotado a R$ 4,944. Houve perda de 0,88% na semana.

Fala de Haddad:

O mercado repercutia a defesa do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, pela flexibilização do horizonte para cumprimento da meta de inflação.

"Eu penso que a meta contínua é muito melhor que a meta-calendário... Você não tem o calendário gregoriano, mas você tem a trajetória que vai fazer (a inflação) chegar a 3% em uma situação que você não vai desorganizar a economia nacional", disse Haddad em entrevista à rádio CBN.

A expectativa é de que a mudança possa ser discutida na reunião do CMN (Conselho Monetário Nacional), em 29 de junho, quando serão confirmadas as metas de inflação para os próximos anos.

Alterar o horizonte para atingimento da meta não é mais malvisto pelos investidores, segundo Felipe Novaes, chefe da mesa de operações do C6 Bank.

Contratos de juros:

As taxas dos contratos futuros de juros fecharam o dia muito próximas da estabilidade no Brasil, com viés de baixa na ponta curta e de alta na longa, reagindo ao noticiário externo positivo e à queda firme do dólar ante o real.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial (saiba mais clicando aqui). Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

(Com Reuters)