IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Após acordo sobre dívida dos EUA, dólar fecha a R$ 5,012; Bolsa cai 0,52%

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/05/2023 17h24

O dólar comercial iniciou a semana em alta de 0,48%, cotado a R$ 5,012 nesta segunda-feira.

Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), fechou em queda de 0,52%, aos 110.333,40 pontos.

Cenário externo:

Moeda norte-americana operou com volatilidade, oscilando entre leves altas e baixas, em dia de liquidez reduzida por conta do feriado de Memorial Day nos Estados Unidos.

Alguns participantes do mercado citaram alívio após o presidente dos EUA, Joe Biden, ter finalizado no domingo um acordo orçamentário com o presidente da Câmara, Kevin McCarthy, para suspender o teto da dívida de US$ 31,4 trilhões até 1º de janeiro de 2025. Biden disse que o acordo está pronto para ser levado ao Congresso para votação.

No entanto, Moretti ressalvou que houve alguma frustração entre investidores pela demora nas negociações da dívida, que levantou sérias preocupações sobre a possibilidade de um calote catastrófico dos títulos norte-americanos.

Para o ele, o foco fica agora sobre os próximos dados econômicos dos EUA, em "semana decisiva para saber o que o Federal Reserve vai fazer em sua próxima reunião" de política monetária. Na sexta-feira, será divulgado um importante relatório de emprego do governo dos EUA, que é acompanhado de perto pelo banco central do país.

Cenário interno

No Brasil, investidores continuavam monitorando a tramitação do arcabouço fiscal no Senado, em meio a noticiário político que alguns operadores descreveram como mais calmo neste início de semana.

Antes da abertura da B3, o Banco Central divulgou sua pesquisa Focus, que mostrou melhora nas projeções no mercado para o IPCA —de alta de 5,8% para 5,71%— e o PIB —de crescimento de 1,2% para 1,26%— no Brasil em 2023.

No caso específico da inflação, a revisão segue dados do IPCA-15 de maio na semana passada, que mostraram desaceleração e abriram espaço para apostas de que o Banco Central poderia antecipar o início do corte da taxa Selic.

A agenda econômica mais esvaziada junto com a provável liquidez restrita dos negócios deve fazer com que os investidores adotem uma postura mais cautelosa no mercado brasileiro, disse a equipe da Ágora Investimentos.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial (saiba mais clicando aqui). Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

(Com Reuters)