IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Dólar sobe a R$ 4,808, com expectativa para reforma tributária e inflação

Yuriko Nakao/Reuters
Imagem: Yuriko Nakao/Reuters

Do UOL*, em São Paulo

03/07/2023 17h22Atualizada em 03/07/2023 17h26

O dólar comercial iniciou a semana em alta de 0,39%, cotado a R$ 4,808.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), também subiu 1,34% e fechou aos 119.672,78 pontos. O índice foi beneficiado por ações da Locaweb (LWSA3, + 4,2%) e da Vale (VALE3, + 3,29%).

O mercado hoje:

A interpretação do mercado é positiva sobre o Brasil, "principalmente pela possibilidade de aprovação de pautas importantes no Congresso, como a reforma tributária", disse Fernando Bergallo, diretor de operações da FB Capital.

O presidente da Câmara, Arthur Lira, prevê votar a reforma tributária até sexta-feira (7).

Além disso, a pesquisa Focus, divulgada hoje pelo Banco Central, demonstrou que analistas reduziram suas estimativas para a inflação até 2026 e passaram a ver maior afrouxamento monetário neste ano.

"Isso ajuda o nosso cenário de longo prazo, embora dê combustível para o BC antecipar cortes na Selic, que diminuiu nosso diferencial de juros", avaliou Bergallo.

Nos Estados Unidos também há expectativas, já que o Banco Central norte-americano sinalizou mais duas altas de 0,25 ponto percentual nos juros este ano.

"A expectativa de novos aumentos pelo Fed continuam crescendo, mas até agora isso tem ajudado pouco o dólar, em parte porque as expectativas de alta dos juros estão aumentando em todos os países do G10", disse Eduardo Moutinho, analista de mercado da Ebury.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial (saiba mais clicando aqui). Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

*Com Reuters