! Bolsa opera em alta, e dólar cai; siga gráficos interativos - 13/07/2010 - UOL Economia - Cotações
 

13/07/2010 - 10h13 / Atualizada 13/07/2010 - 14h57

Bolsa opera em alta, e dólar cai; siga gráficos interativos

Da Redação, em São Paulo

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) opera em alta nesta terça-feira. Por volta das 14h55, o Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) subia 0,39%, aos 63.204,53 pontos (siga gráfico da Bovespa com atualização constante). Veja ainda cotação das ações e fechamentos anteriores da Bolsa.

A cotação do dólar comercial era praticamente estável, com queda de 0,34%, a R$ 1,759 na venda  (veja gráfico com as últimas atualizações). A cotação do euro subia 0,85%, a R$ 2,236 na venda (gráfico). Confira também as cotações anteriores do dólar e de outras moedas em novo gráfico interativo.

As principais Bolsas de Valores da Ásia tiveram queda, pressionadas pelas notícias de que o governo chinês não deve facilitar restrições mais duras sobre o mercado imobiliário. A Bolsa de Xangai acumula perdas de 25% no ano.

A Grécia levantou com sucesso 1,25 bilhão de euros (US$ 1,6 bilhão) no primeiro leilão da dívida desde que recebeu empréstimos de socorro internacional.

A agência de classificação de risco Moody's rebaixou a qualificação da dívida soberana portuguesa em dois degraus, passando de "Aa1" até "A1" com perspectiva "estável".

O deficit comercial dos EUA subiu para US$ 42,3 bilhões em maio, ante os 40,3 bilhões do mês de abril, informou nesta terça-feira o Departamento de Comércio americano.

O chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, reiterou que o forte crescimento da Ásia e da América Latina torna improvável uma nova recaída da economia mundial. Na semana passada, o FMI elevou sua previsão para a expansão global neste ano de 4,2% para 4,6%, mas manteve o cenário para 2011 em 4,3%.

O grupo espanhol Santander vai gerar quase metade do lucro de 2010 na América Latina, afirmou o diretor da divisão americana do banco, Francisco Luzón, em entrevista publicada nesta terça-feira no jornal "El País".

(Com informações de Reuters e Valor)