Bolsas

Câmbio

Bilionário conta fiascos: ele já quis criar uma "Coca-Cola" e um "Facebook"

Do UOL, em São Paulo

  • Stan Honda/AFP

    O bilionário britânico Richard Branson revela seus 6 maiores erros nos negócios

    O bilionário britânico Richard Branson revela seus 6 maiores erros nos negócios

Os empresários ricos também fracassam. Mesmo com uma fortuna de US$ 5,2 bilhões (equivalente a R$ 20 bilhões), o bilionário britânico Richard Branson, fundador do grupo Virgin e colunista do UOL, diz que cometeu vários erros comerciais. Ele falou sobre isso em entrevista à revista "Forbes".

Qualificado como 330° homem mais rico do planeta, de acordo com o ranking de bilionários daquela publicação, Branson já quis criar uma espécie de Facebook e a Virgin Cola, para concorrer com a Coca. Ambas quebraram. Veja alguns de seus erros:

1 - Não vendeu sua revista

Após deixar a escola aos 16 anos, Richard Branson criou a "Student Magazine", publicação voltada à cobertura da cultura pop, que foi bem-sucedida. Paralelamente à revista, desenvolveu o projeto da gravadora Virgin Records.

"Um dos meus grandes fracassos aconteceu quando eu era muito novo e não consegui convencer uma grande editora a comprar a 'Student Magazine'. Enquanto eles queriam focar na distribuição, eu tentava explicar minha visão para uma série de novos empreendimentos voltados ao público estudante."

2 - Um Facebook que não deu certo

Outro projeto citado por Richard Branson é o portal virginstudent.com, equivalente a uma espécie de Facebook. Em 2000, o site de comunidades virtuais foi lançado e já contava com diversos recursos hoje disponíveis nas principais redes sociais, como MySpace e Facebook. Mesmo assim, o portal não evoluiu como esperava seu criador.

Segundo especialistas, faltou habilidade aos gestores para atender demandas técnicas e por serviços dos usuários, causando queixas e a respectiva queda na arrecadação publicitária. Também citam uma possível falta de visão sobre o fenômeno das redes sociais, já que o portal fechou em 2005, ano de surgimento do MySpace.

3 - Faltou potência aos carros

Em 2000, Branson lançou a Virgin Cars. Ele disse que identificou uma lacuna no mercado e buscou revolucionar a maneira de vender carros. A empresa fechou em cinco anos. "Notamos tarde demais que o mercado não se movia em razão da forma como as vendas dos carros são feitas, mas em relação à potência que os veículos têm", disse.

4 - Lojas para noivas

Com a Virgin Brides, varejista de produtos para noivas, ele esperava uma inserção na indústria do casamento. "O erro foi a companhia sediar a empresa em instalações muito caras no centro da cidade sem ao menos compreender direito qual seria o seu real diferencial." 

5 - Virgin Cola não assustou Coca

O erro mais conhecido do bilionário e sua companhia é a experiência da Virgin Cola, de 1994, que buscava concorrer com gigantes como Coca e Pepsi. "Descobrimos que não havíamos pensado na magnitude disso: declarar uma guerra a esses concorrentes é insano", diz Branson.

6 - Cama na primeira classe

O empresário conta que a última grande falha de seu grupo foi, justamente, em uma de suas empresas mais bem-sucedidas, a companhia aérea Virgin Atlantic. Para ele, isso demonstra que, até mesmo as empresas que estão em sua mais bela performance, precisam ter cautela para evitar deslizes.

"Travamos uma batalha com a British Airways para sermos a primeira companhia aérea com uma cama na cabine de alto nível. O primeiro resultado foi uma 'cama' não completamente horizontal. E foi esse o nosso erro... A British Airways materializou uma cama 100% horizontal e simplesmente nos deixou no chão."

Especialista explica como empreender sem medo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos