Na crise, feira de franquia tem investimento a prestação; veja 22 opções

Larissa Coldibeli

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Em ano de crise econômica, a ABF Franchising Expo, feira do setor de franquias, chega à 25ª edição com opções de negócio mais baratas e condições especiais como descontos e parcelamentos. O evento é realizado em São Paulo, no Expo Center Norte, começa nesta quarta-feira (15) e vai até sábado (18). São esperados 60 mil visitantes. 

Clique aqui e veja 22 opções de investimento em franquias que o UOL Empreendedorismo selecionou na feira.

Grande parte das mais de 400 empresas expositoras adaptou seus modelos de negócio ou formas de negociação para tentar continuar crescendo mesmo na crise.

É o caso da Giraffas, rede de alimentação que remodelou suas lojas de shopping e conseguiu diminuir o investimento inicial em R$ 100 mil. Uma unidade da marca agora custa a partir de R$ 650 mil, com custos de instalação, taxa de franquia e capital de giro. 

A marca de cosméticos Mahogany está lançando um novo modelo de negócio: o quiosque, menor e mais barato do que a loja convencional, e ainda está oferecendo desconto aos visitantes da feira.

De R$ 71 mil no preço regular, sai por R$ 59 mil (com custos de instalação e taxa de franquia). A expectativa é negociar dez unidades no evento, segundo Jaime Drummond, presidente do Laboratório Sklean, empresa detentora da marca.  

Outras redes, como a Linha e Bainha (costuras e reparos) e a Quality Lavanderia, estão parcelando a taxa de franquia em até dez vezes. Redes como a Siluets, de clínica de estética, e a Prima Clean, de lavanderias, ainda ajudam na negociação com fornecedores para parcelar também a aquisição de maquinário. 

Modelos menores seguem fortes

Segundo Claudio Tieghi, diretor de inteligência de mercado da ABF (Associação Brasileira de Franchising), o movimento de reduzir os modelos de negócio para unidades mais compactas e baratas começou antes da crise, com a ida das franquias para cidades menores.

"Cidades de pequeno e médio porte exigem formatos de negócio mais otimizados, mas isso se mostrou uma boa estratégia de crescimento em 2015, com o acirramento da crise, e deve continuar em 2016", afirma. 

Dívida a prazo afeta retorno do investimento

Ele diz que descontos e parcelamentos no investimento inicial dependem da política de cada empresa, mas alerta que o empreendedor deve colocar todos os gastos no papel e estar atento ao planejamento do negócio.

"Uma dívida parcelada pode atrasar o alcance do ponto de equilíbrio [quando a receita é suficiente para cobrir os gastos] e também o prazo de retorno do investimento."

Por outro lado, é comum, segundo ele, que as empresas sejam flexíveis na negociação quando encontram um candidato a franqueado que as interessa. "Há muitas pessoas qualificadas fora do mercado de trabalho, que querem investir em franquia e podem contribuir com sua experiência para o amadurecimento da rede. As empresas estão atentas a isso", declara. 

Parcelar nunca é bom, diz consultor

Para o consultor Marcus Rizzo, da Rizzo Franchise, o parcelamento da taxa de franquia nunca é positivo. "A taxa de franquia existe para remunerar o franqueador pelo investimento que ele faz em treinamento e suporte para os novos franqueados. Parcelar essa taxa pode significar que a empresa vai entregar o suporte pré-operacional também de forma parcelada."

O capital de giro, que geralmente é somado aos custos de instalação e à taxa de franquia para compor o investimento inicial, é outro valor que não pode ser parcelado nem eliminado, segundo Rizzo.

"O capital de giro vai dar fôlego para o negócio enquanto ele não fatura o suficiente. A falta dele só faz diminuir o tempo entre o nascimento e a morte da empresa", declara. 

Quanto aos novos modelos de negócio, o consultor diz que é necessário que tenham sido testados e validados pela franqueadora.

"Empresas que lançam vários modelos são, na maioria, aquelas que vendem produtos para os franqueados e estão preocupadas em ter novos canais de distribuição, e não em melhorar a relação do franqueado com o consumidor final, que está desaparecendo na crise."

Informações sobre a feira:

ABF Franchising Expo

Data: de 15 a 18 de junho

Horário: Das 13h às 21h, sábado das 11h30 às 18h30

Local: Expo Center Norte - Pavilhões Branco e Azul

Endereço: rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme - São Paulo - SP

Preço: R$ 70 (ingresso válido para todos os dias de evento)

CONSULTORES DÃO DICAS PARA ESCOLHER UMA FRANQUIA

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos