Bolsas

Câmbio

Carioca do sol na laje lança bronzeador e biquíni baseado em fita isolante

Márcia Rodrigues

Colaboração para o UOL, em São Paulo

A esteticista Erika Martins, 34, mais conhecida como Erika Bronze, ganhou fama na internet, jornais e em programas de TV ao criar o serviço de bronzeamento na laje da sua casa, em Realengo, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro.

Com o sucesso do serviço, a empresária resolveu ampliar o negócio e investiu R$ 25 mil na criação da sua própria marca de biquíni, e R$ 35 mil para lançar o seu bronzeador composto por parafina, Cacau e Urucum.

A linha de biquíni começou a ser comercializada este mês. A empresária diz que na primeira produção foram feitas 100 peças de cada um dos oito modelos que ela criou. Todos são réplicas dos formatos que ela desenha com fita isolante no corpo das clientes, e vão custar R$ 120. "Já vendi tudo."

A previsão é que o bronzeador, que recebeu aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) este mês para ser produzido, comece a ser vendido na semana que vem. Um pote com 90 g custará R$ 70. "Será um grande presente de Natal para a mulherada."

Biquíni demora 5 minutos para ser desenhado

Por dia, o espaço recebe em torno de 30 mulheres, que ganham "biquínis" feitos com fita isolantes e são besuntadas com o bronzeador criado por ela. A sessão custa R$ 70 e dura, em média, duas horas. No verão do ano passado ela faturou R$ 50 mil e espera dobrar o resultado este ano.

O bronzeamento na laje é feito todos os dias, das 7h às 10h, mas Martins começa a "montar" os biquínis a partir das 6h30. Dependendo da preferência, a fita é colocada sobre um papel para não machucar as partes íntimas. O desenho do biquíni demora cinco minutos para ser feito.

Ela afirma que no verão, eventualmente, também abre sessões para o período da tarde alguns dias, das 14h às 16h. As sessões devem ser agendadas antecipadamente pelas clientes. "Até o dia 16 deste mês não temos mais vagas e depois dessa data estamos com pouca disponibilidade. O verão promete."

Bronze na laje tem retoque e refresco com regador

Martins afirma que sempre gostou de se bronzear e que, nas comunidades cariocas, é comum as mulheres se bronzearem na laje, por não conseguirem ir à praia, e valorizarem as marquinhas do biquíni. Por isso resolveu investir na área. O serviço começou em 2008 com 10 espreguiçadeiras.

Com o tempo, ela comprou mais dez e, como não cabiam mais espreguiçadeiras na sua laje, completou o espaço com mais 10 cadeiras de praia, totalizando 30.

Atualmente ela tem quatro funcionárias. Duas ficam na recepção e cuidam dos agendamentos e as outras duas retocam o bronzeador e refrescam as clientes jogando água com um regador.

Empresária espera faturar R$ 100 mil no verão

Ela diz não saber quanto fatura por ano com o serviço, ela afirma que no período de inverno (junho, julho e agosto) deste ano faturou R$ 55 mil, com lucro de R$ 15 mil, e espera faturar R$ 100 mil nos próximos meses, com a chegada do verão. Ela não sabe quanto desse total será o lucro.

No ano passado, o faturamento no verão foi de R$ 50 mil. "Choveu muito, o que afastou as clientes. Mas neste ano eu já vi que o calor veio com tudo. Também espero faturar mais com as vendas dos biquínis e do bronzeador."

Inovação é o forte do negócio

Para Ariadne Mecate, consultora do Sebrae-SP (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo), a empresária soube inovar e valorizar o simples costume de tomar sol na laje. 
 
"Os serviços que ela oferece de retoque do bronzeador e o refresco com o regador, são inovações. Ela também permite mais privacidade para mulheres que não querem se expor na praia com biquínis pequenos, mas que querem ter uma marquinha."
 
Mecate diz, no entanto, que o negócio pode ser facilmente copiado. "Depois que a Erika Bronze ficou conhecida, já soube de outros serviços similares no Rio Grande do Sul e no Ceará. Por isso ela deve investir constantemente em inovação e trazer um diferencial."
 
A consultora também afirma que o risco do negócio é depender do bom tempo. "Ela precisa saber administrar o caixa muito bem para garantir um capital de giro."

Onde encontrar:

Erika Bronze - https://www.facebook.com/ErikaBronzeamento/?fref=ts

Telefones - (21) 3287-9912 ou (21) 99546-8387

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos