Bolsas

Câmbio

Pratos sem glúten, lactose e com biomassa; veja negócios de comida saudável

Do UOL, em São Paulo

Alimentação saudável está em alta e é uma tendência que veio para ficar, segundo especialistas. Ao longo do ano, o UOL publicou várias histórias de empresários que resolveram abrir uma empresa na área e estão faturando com o negócio. 

Selecionamos 12 casos para você conferir. Confira um resumo abaixo. Clique aqui ou nas fotos acima para saber mais.

- Açaí Villa Roxa: O administrador de empresas Jefferson Domingos, 34, já vendeu flores perto de cemitério, geladinho (ou gelinho, sacolé) nas ruas e organizou eventos e shows até investir no ramo de alimentação, aos 25 anos; atualmente ele é dono da franquia Açaí Villa Roxa, que faturou R$ 11,5 milhões no ano passado. Saiba mais

- Best Berry e Made in Natural: Os dois são clubes de snacks que vendem assinaturas mensais de lanches saudáveis e naturais como castanhas, crispies crocantes de aveia e chips de batata doce, sem adição de conservantes ou outros produtos químicos. Saiba mais

- Boto Sorveteria Artesanal: produz sorvetes com frutas e sementes do interior da Amazônia, como o creme de cumaru. Para começar o negócio, o empresário Tiago Silva, 30, fez curso de mestre sorveteiro e importou maquinário. Saiba mais

- DNA Natural: A administradora Jeane Moura criou a rede que vende wraps, saladas e sanduíches naturais. A motivação do negócio surgiu quando era vendedora em um shopping e tinha dificuldade para se alimentar bem na praça de alimentação. Saiba mais

- Frutajá: O empresário Cláudio Guimarães criou a empresa para produzir purê de frutas sem adição de açúcar e conservantes; o produto é vendido nos sabores maçã com banana; maçã com abacaxi; maçã com morango e banana; maçã com manga e goiaba; e maçã e açaí. Saiba mais

- Grão Fino: O casal Luiz Ferretti, 51, e Erika Suster, 35, abriu uma padaria que vende pães e pratos sem glúten e lactose, em São Paulo, em março deste ano. O negócio virou franquia. Saiba mais

- Le Verde: O quiosque do casal Rafael Fragonesi, 28, e Liliane Bida, 27, vende doces e salgados sem glúten e lactose. Um dos produtos comercializados é o bolo de paçoca artesanal e massa de chocolate belga, feito com um mix de farinhas integrais sem glúten e leite vegetal. Saiba mais

- Mandala Comidas Especiais: A dificuldade para encontrar opções de comida pronta para o filho, que sofre de intolerância alimentar a várias proteínas, motivou a empresária Adriana Fernandes. Ela vende congelados sem amendoim, castanhas, glúten, leite, ovo, soja, crustáceos e peixes. Saiba mais

- Mr. Fit Fast Food: Após 12 anos no ramo de alimentação, a administradora de empresas Camila Miglhorini, 32, resolveu abrir o próprio restaurante, o Mr. Fit Fast Food. Entre suas especialidades, estão estrogonofe com biomassa de banana verde em vez de creme de leite e omelete com suplemento de proteína. Saiba mais

- Pamonha Gourmet: O administrador de empresas Humberto Azenha, 31, criou a Pamonha Gourmet, empresa que produz e vende a iguaria congelada, em agosto de 2015; atualmente, ele exporta o produto para Inglaterra, Portugal, Espanha, Bélgica, Irlanda e França. Saiba mais

- Roots to Go: Produz chips de mandioca, batata-doce, beterraba e cará. Os produtos são vendidos em grandes redes de supermercados, lojas de conveniência e de produtos naturais no Brasil e também exportados para os EUA e Israel. Saiba mais

Alimentos podem estragar mais rápido com o calor

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos