Bolsas

Câmbio

Sem marca famosa, Lollapalooza só terá refrigerante orgânico a R$ 8 o copo

Larissa Coldibeli

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Ao contrário do que é comum em grandes eventos, o festival de música Lolapallooza, realizado neste fim de semana, em São Paulo, não vai ter uma marca famosa como fornecedora de refrigerante: vai vender somente refrigerante orgânico da marca Wewi, ao preço de R$ 8 o copo com 350 ml. 

Nos supermercados, a bebida custa entre R$ 2,99 e R$ 3,99. O preço no festival é definido pela organização, afirma Rodrigo Campos, 48, diretor de marketing e sócio da fabricante Wewish Bebidas Saudáveis. Ele diz que a exposição no evento deve ajudar a ampliar o público para a bebida, que está no mercado desde 2013.

Além do refrigerante, outras bebidas vendidas serão água, energético, cerveja skol e vinhos de diferentes tipos.

"O Lollapalooza é um festival inovador, que antecipa tendências e sucesso. Tem tudo a ver com a gente." São esperadas 140 mil pessoas nos dois dias de shows.

A bebida vai acompanhar pratos como o hambúrguer do chef Adriano José de Souza, que custará R$ 44, e o hot dog francês do chef Raphael Despirite, ao preço de R$ 22, que integram o Chef'Stage, uma praça de alimentação gourmet.

Não tem conservantes nem transgênicos

O Wewi é vendido em 12 Estados, mas tem presença mais forte na região Sudeste. Grandes varejistas são revendedores, como a rede Pão de Açúcar, Zaffari, Zona Sul, Starbucks e Eataly. Está disponível nos sabores laranja, cola e guaraná.

Segundo Campos, a bebida é produzida com ingredientes 100% naturais e orgânicos, derivados de frutas ou extratos de origem vegetal, e não contém sódio, conservantes, corantes, aromatizantes sintéticos, ácido fosfórico, agrotóxicos, ingredientes transgênicos ou qualquer elemento de origem artificial.

Possui os selos brasileiro, americano e europeu que atestam que o produto é orgânico, embora ainda não faça exportações regulares. "Vendemos para fora eventualmente, mas primeiro queremos crescer primeiro no Brasil", afirma o empresário.

A marca possui também uma linha de refrigerantes zero açúcar, que não é considerada orgânica por causa do uso de adoçantes no lugar do açúcar orgânico. Há planos de lançar novos sabores no segundo semestre. A empresa não divulga dados de investimento, faturamento e produção.

Exposição é boa, mas empresa deve se preparar para críticas

Eduardo Pugnali, gerente de inteligência de mercado do Sebrae-SP, diz que a venda no evento é uma boa oportunidade de degustação da bebida. "As pessoas serão impactadas e vão sair de lá com vontade de consumir depois. O produto vem com uma proposta correta, de oferecer mais saúde num item que é reconhecido como vilão. O público valoriza esse diferencial. Esse caso mostra que é possível competir com grandes empresas sendo criativo."

Ele diz, porém, que a marca precisa estar preparada para receber críticas. "Vai ter gente que vai querer a marca famosa, que vai comparar e pode não gostar. O preço também é um ponto sensível, mas tudo em festival é mais caro porque há toda uma estrutura envolvida."

Onde encontrar:

Wewi: www.wewi.com.br

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos