Bolsas

Câmbio

Marca de beleza se levanta com nomes engraçados, como Meu Cacho, Minha Vida

Márcia Rodrigues

Colaboração para o UOL, em São Paulo

"Meu Cacho Minha Vida", "Eu sei o que Você fez na Química Passada", "O Poderoso Cremão", "Morte Súbita" e "Tarja Preta": estes são alguns dos nomes divertidos dos produtos da Lola Cosmetics, marca carioca criada, em junho de 2011, pela historiadora e artesã Dione Vasconcellos.

A marca é administrada pelo grupo Farmativa, que a empresária comprou em 2008, após ter quebrado. Na época, com a ajuda da irmã Jaqueline Vasconcellos, 58, e do amigo Milton Taguchi, 60, seus sócios, ela investiu R$ 70 mil e negociou R$ 1 milhão em dívidas com credores. O débito foi pago em três anos.

A indústria produzia cosméticos para outras marcas. Em 2011, eu criei uma linha de cosméticos e, com isso, mantivemos a fabricação externa dos produtos de apenas duas empresas americanas, para intensificarmos a nossa produção própria."

Produtos são veganos e empresa não faz testes em animais

A empresária afirma que queria deixar os cosméticos com uma "cara" mais divertida e colorida, por isso resolveu criar nomes e embalagens diferentes. Por ser vegana, todas as suas linhas de produtos não têm nenhum componente de origem animal. A empresa também tem o selo de "cruelty free", ou seja, não realiza testes em animais.

A maioria dos cosméticos tem embalagem branca com cores e nomes muito sérios. Eu quis criar uma linha com muita cor, nomes descontraídos e com produtos que atendam todo o público feminino, principalmente mulheres com cabelos que necessitam de cuidados especiais, como os ondulados e com química, por exemplo."

Mas não são todos os nomes criados pela empresária que tiveram boa aceitação do público. Um demaquilante chamado "Boa Noite, Cinderela" foi alvo de críticas por remeter ao golpe usado para dopar e abusar de pessoas ou roubá-las, assim como um batom batizado de "Abusa de Mim", e não chegaram a ser lançados.

Nós fizemos um teste antes de coloca-los no mercado, fomos alvo de críticas, entendemos o recado e suspendemos o projeto. Serviu como experiência."

O produto mais barato comercializado pela empresa é o óleo da linha Argan (R$ 17, o vidro com 60ml). O mais caro é o creme alisante Lola Vintage Girls (R$ 132, o pote com 850g). O mais vendido é o creme de hidratação da linha "Morte Súbita" que custa R$ 70 (450g) e R$ 120 (930g). Os preços de todos os produtos variam, conforme o Estado.

Entre os cerca de 80 produtos da fábrica, também estão:

  • Linha "Meu Cacho, Minha Vida". O xampu (500ml), o condicionador (500g), o gel (500g) e o creme para pentear (500g) custam R$ 24 (cada um). A máscara de hidratação sai por R$ 45,90 (930g)
  • "Tarja Preta" (máscara restauradora capilar) - R$ 41,03 (230g)
  • "O Umidificador que Sabia Demais" (umidificador capilar) - R$ 27,92 (300mL)
  • "Oleosos & Furiosos" (finalizador capilar) - R$ 27,45 (120mL)
  • "O Poderoso Cremão" (máscara de nutrição) - R$  R$ 43 (230g)

A empresa, que não tem loja física, comercializa seus produtos em pontos de venda em quase todos os Estados. Atualmente ela tem 220 funcionários e a primeira loja-conceito está prevista para ser inaugurada em maio, no Barra Shopping (Rio de Janeiro). A empresa, que também pretende lançar sua linha corporal, não revela faturamento nem lucro.

Marca se aproxima do cliente, mas não pode exagerar 

Para Cássia Godinho, consultora do Sebrae-SP (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo), a marca acertou ao aproximar-se do consumidor final. Ela diz, no entanto, que é preciso tomar cuidado para não criar estereótipos e não exagerar na criatividade para não ter problemas de rejeição aos produtos.

Antes, as ações de marketing visavam criar exclusivamente a imagem da família perfeita, como mostravam os antigos comerciais de margarina, e de modelos jovens, bonitas, brancas e magras. Hoje as marcas perceberam que precisam fazer o cliente enxergar a sua própria imagem na propaganda e se identificar com o produto."

Onde encontrar

Lola Cosmetics -  http://www.lolacosmetics.com.br/

O cabelo black power volta a fazer a cabeça dos brasileiros; veja cuidados

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos