Bolsas

Câmbio

Tinha salão na garagem de casa e hoje fatura R$ 2 mi ensinando cabeleireiro

Larissa Coldibeli

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Sônia Leonardi abriu salão com empréstimo e hoje fatura R$ 2 milhões por ano

    Sônia Leonardi abriu salão com empréstimo e hoje fatura R$ 2 milhões por ano

Sônia Leonardi, 37, começou sua trajetória no ramo de beleza fazendo cursos gratuitos de cabeleireira e manicure oferecidos pela Prefeitura de Bragança Paulista (85 km ao norte de São Paulo). Em apenas cinco anos, ela passou de dona de um salão nos fundos de casa a um faturamento de R$ 2 milhões com duas unidades da franquia Infobeleza, de formação profissional na área. O lucro é de 40%, ou seja, R$ 800 mil por ano.

Mas a ascensão rápida não foi sem sacrifícios. Em 2012, após se formar cabeleireira, ela passou a atender clientes no salão improvisado montado na garagem de sua casa, com um empréstimo de R$ 3.000 feito no banco pelo seu marido, então frentista de posto de gasolina.

Ainda durante o curso, porém, uma das professoras achou que Sônia levava jeito para ensinar e entregou seu currículo numa escola de formação profissional.

Após oito meses trabalhando como professora de cabeleireiros, ela foi promovida a gerente da escola, em agosto de 2013. Ficou no cargo por cerca de um ano, mas a falta de autonomia para implementar inovações a fez partir novamente para o negócio próprio.

Quando uma amiga a chamou para, juntas, abrirem um negócio, elas conheceram a franquia Infobeleza, que custava R$ 45 mil na época.

"Pagamos R$ 25 mil de entrada, e o resto foi parcelado. Dos R$ 25 mil, cada sócia deu metade, e eu usei meu limite no cheque especial para dar a minha parte porque eu não tinha muito dinheiro a receber do outro emprego."

Experiência anterior como vendedora ajudou o negócio

Sua unidade da Infobeleza em Bragança Paulista foi inaugurada em agosto de 2014. Ela diz que, logo no primeiro mês, faturou R$ 200 mil e conseguiu pagar a dívida com o banco. Segundo Sônia, sua experiência anterior como vendedora de cosméticos por catálogo e de roupas de porta em porta a ajudou nas vendas.

Tínhamos uma equipe com cinco vendedoras por telefone, fizemos planfletagem, colocamos carro de som na rua, e eu dormia e acordava com o celular na mão vendendo. O negócio deu certo e, um mês depois da abertura, meu marido saiu do emprego no posto de gasolina para trabalhar com a gente.

Pouco tempo depois, a sócia resolveu sair do negócio porque não conseguia se dedicar tanto. Em março de 2015, Sônia e o marido inauguraram sua segunda unidade em Atibaia (64 km ao norte de São Paulo).

Dessa vez, o capital foi todo próprio. Ela diz que pensava em abrir outras unidades, mas o marido a conteve para não perderem o foco das unidades que iam bem. Juntas, as duas escolas faturam cerca de R$ 2 milhões por ano, segundo ela.

Desafio de comprar a marca

Em março de 2017, durante uma visita técnica do franqueador, eles receberam a oferta de comprar a marca por R$ 2 milhões. Aceitaram o desafio e ainda estão pagando o investimento.

A Infobeleza possui cinco unidades, contando as duas de Sônia. As outras três ainda mantêm o contrato com o antigo dono, mas a expectativa é renovar com os novos proprietários assim que o contrato vigente acabar, segundo a empreendedora.

"Já estamos vendendo novas franquias, com negociações avançadas em todas as regiões. A meta é chegar a cem unidades até 2019. Estamos treinando uma equipe que ajudará os franqueados sem experiência na gestão compartilhada do negócio. Em novembro, devemos lançar a Infobeleza Digital, com cursos a distância para especialização dos profissionais", declara Sônia.

Franquia a partir de R$ 50 mil

Os cursos da Infobeleza custam a partir de R$ 169 por mês, com duração de quatro meses (caso dos cursos de maquiagem e designer de sobrancelha) a 15 meses (cabeleireiro profissional). Confira abaixo os dados da franquia, fornecidos pela empresa:

  • Investimento inicial a partir de R$ 50 mil (custos de instalação + taxa de franquia + capital de giro)
  • Faturamento médio mensal de R$ 80 mil
  • Lucro médio mensal de R$ 32 mil (40%)
  • Retorno do investimento previsto em 12 meses

Ser franqueadora é negócio diferente que exige preparo

A trajetória de Sônia mostra que ela é uma empreendedora nata, segundo o consultor Luis Stockler, da consultoria especializada em franquias BaStockler.

"Ela sabe como fazer e sabe como vender, tanto que o antigo franqueador enxergou seu potencial. Ela tem propriedade para dizer aos franqueados como proceder, vai liderar pelo exemplo", afirma.

Por outro lado, ele diz que ser franqueada é muito diferente de ser franqueadora, e Sônia precisa estar preparada para isso.

"Mais do que capacidade de venda, ela precisa ter capacidade de entrega para implantar unidades bem estruturadas. O plano de abrir cem unidades em um ano é ousado, principalmente para quem não tem experiência como franqueador. O ideal seria implantar menos unidades, dar suporte a esses franqueados e esperar pelo tempo de maturação antes de uma expansão mais agressiva", declara.

Onde encontrar:

Infobeleza - www.infobeleza.com.br

Posso pegar doenças no cabeleireiro? Fique de olho no que usa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos