ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Empreendedorismo

Empresárias lançam site que batiza empresa em 48 horas por R$ 299

Divulgação
Sandra Birman (à esq.) e Adriana Calderoni, sócias da iNomes Imagem: Divulgação

Larissa Coldibeli

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/01/2018 04h00

O site iNomes promete criar, em apenas 48 horas, nomes de empresas ou de produtos de acordo com as característica de seu negócio. A plataforma foi idealizada pelas sócias Sandra Birman, 51, e Adriana Calderoni, 41, que têm experiência de mais de dez anos na área de branding (gestão de marca).

Lançado em setembro do ano passado, o site também verifica a disponibilidade e registra o domínio na internet de acordo com o nome escolhido. Há quatro opções de pacotes de serviços, com preços que vão de R$ 299 a R$ 899.

Leia também:

A ideia de negócio surgiu a partir da identificação de demanda, principalmente por parte de pequenas empresas, segundo Adriana.

Criação de nomes para o mundo corporativo é algo caro, envolve grandes equipes multidisciplinares treinadas para isso. Usamos nossa experiência para criar uma metodologia que viabilizasse isso por um preço acessível.

Adriana Calderoni, um das sócias da empresa

Adriana diz que na Modo Branding Lab, empresa na qual ela também é sócia, um projeto personalizado para dar nome a uma empresa ou produto custa de R$ 5.000 a R$ 20 mil. A Modo Branding Lab faz projetos de gestão de marcas para empresas de grande porte.

Como funciona

Ao entrar no site da iNomes, o cliente escolhe entre quatro pacotes de serviços:

  • criação de nomes e pesquisa de domínio por R$ 299
  • criação de nomes, pesquisa e registro de domínio por R$ 399
  • criação de slogans por R$ 249
  • proteção da marca no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) por R$ 899

Depois, o cliente responde a uma série de perguntas que serão o ponto de partida para o processo de criação da equipe da iNomes. História, valores, objetivos, público-alvo, propósito, ideologia, dificuldades e tendências, enfim, a personalidade do negócio deve ser descrita em detalhes.

Segundo Adriana, isso possibilita a criação de 10 a 12 nomes em somente 48 horas. A equipe envolve de três a quatro profissionais especializados nas áreas de linguística, marketing, semiologia e fonética.

Empresa ganha certidão de nascimento

Após a escolha do nome pelo cliente, a iNomes celebra o novo nome com uma certidão de nascimento personalizada, contando a história e significado do nome recém-lançado.

O negócio tem sede no Rio de Janeiro, mas atua em todo o Brasil. As empresárias não divulgam investimento inicial nem o faturamento e o lucro médios mensais. “Estamos sentindo o mercado e, se for necessário, vamos adaptar os serviços oferecidos”, diz Adriana, que afirma não ter uma meta de faturamento.

Negócio exige investimento alto em marketing

A experiência das empreendedoras em construção de marcas é interessante para o negócio, segundo Luciano Salamacha, professor do MBA da FGV (Fundação Getúlio Vargas) e especialista em gestão de negócios. Para ele, os diferencias da empresa estão na pesquisa prévia de disponibilidade do nome e no registro no INPI. 

"Geralmente, os empreendedores só dão relevância ao registro de marca depois que a empresa já ganhou alguma robustez. É muito comum abrirem empresas com nomes de que gostam e depois descobrirem que precisam mudar porque já existe no mercado", afirma. 

Por outro lado, o professor diz que a empresa pode ter dificuldade para encontrar clientes. "Não é um tipo de serviço com compra recorrente, o que exige investimentos altos e contínuos em marketing para aquisição de novos clientes. Além disso, dar nome é uma das partes mais prazerosas da concepção de um negócio, e o brasileiro é muito criativo. Outra questão é encontrar empreendedores que reservem uma parte do seu capital inicial para isso", declara.

Onde encontrar:

iNomes - www.inomes.com.br

Mais Empreendedorismo