Bolsas

Câmbio

Ayrton Senna

Empresa promove corrida de rolimã em SP e tem carrinho em homenagem a Senna

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Um projeto de resgate da infância. Foi com essa ideia que Alexandre Seiji Koga, 41, e Márcio Fernandes, 44, criaram a Mulek de Rua, em São Paulo, em 2014. A empresa vende jogos de taco, petecas, pipas, piões e roupas, mas o forte são os carrinhos de rolimã. O investimento inicial foi de R$ 20 mil. O faturamento e o lucro não foram divulgados.

A empresa também organiza passeios de carrinhos de rolimã em ladeiras de São Paulo e Vinhedo (79 km de São Paulo), com apoio das duas prefeituras. O próximo deve acontecer no domingo, 18 de março, na ponte Estaiada, na zona sul de São Paulo.

Nos eventos, a Mulek de Rua leva de 20 a 30 carrinhos de rolimã para serem usados gratuitamente. Esses carrinhos são patrocinados por empresas e depois sorteados e doados.

Alexandre Seiji Koga, sócio

Leia também:

Edição limitada em homenagem a Senna

Entre os produtos da empresa está o carrinho de rolimã Ayrton Senna Oficial, lançado em setembro de 2016. Foi uma parceria com o Instituto Ayrton Senna e a empresa Sid Special Paint para celebrar os 25 anos da primeira vitória de Senna no GP do Brasil.

O carrinho tem o design inspirado no carro de Fórmula-1 e no capacete do piloto brasileiro, além de banco de espuma revestido de tecido corvin, apoio para as mãos e freios laterais.

Foram fabricadas apenas 25 unidades, com certificado de autenticidade do Instituto Ayrton Senna. Desse total, ainda há oito disponíveis, segundo Koga. Cada um custa R$ 1.500, e 10% da renda da venda é revertida para o instituto.

Os carrinhos foram pintados pelo aerografista Alan Mosca, 59. Ele é filho de Sid Mosca, que customizava os capacetes de Senna. Sid morreu em 2011.

Este oficial do Senna é o mais glamouroso da empresa. São peças para colecionadores e, portanto, não são o carro-chefe da Mulek.

Alexandre Seiji  Koga, sócio

Carrinhos a partir de R$ 199

A empresa vende carrinhos de rolimã mais simples e com preços mais baixos. O mais barato (e também mais vendido) custa R$ 199. 

Há também um modelo clássico da marca Senna mais barato, a R$ 399: ele é adesivado, em vez de ser pintado, como a edição especial. As peças também foram licenciadas pelo Instituto Ayrton Senna. 

A Mulek de Rua vende 50 carrinhos de rolimã por mês, em média. As compras são feitas pelo site, em eventos e na Concessionária da Moda, outra empresa de Koga.

Nosso público são famílias interessadas em resgatar a infância e desconectar um pouco da tecnologia.

Alexandre Seiji  Koga, sócio

Empresa quer lançar coleção de roupas

Para este ano, Koga diz que a Mulek de Rua pretende organizar dez eventos com carrinhos de rolimã em São Paulo.

Também planeja buscar investidores e patrocinadores, e lançar duas coleções de roupas com a temática de brincadeiras de infância.

Carrinhos de rolimã fazem passeio por São Paulo; veja como foi

Misturar duas empresa é ponto fraco, diz consultor

Silvano França, 52, consultor de negócios do Sebrae-SP, diz que propor o resgate de brincadeiras da infância é um ponto positivo. "Muitas crianças não teriam acesso a essas brincadeiras dentro da dinâmica de uma capital como São Paulo", afirma.

Segundo ele, os produtos que a Mulek de Rua produz são de "ótima qualidade". "Os carrinhos de rolimã, por exemplo, têm bom acabamento. Ao personalizar os carrinhos, como o do Ayrton Senna, ele confere à empresa uma boa credibilidade", declara.

O consultor diz, no entanto, que vender os brinquedos junto com os produtos da Concessionária da Moda, outra empresa de Koga, pode ser um ponto fraco do negócio. "Ele misturou no mesmo espaço produtos Mulek e da Concessionária da Moda, que vende, por exemplo, roupas femininas. Isso destoa da proposta dos brinquedos. O ideal é que separe completamente as duas empresas", declara.

Onde encontrar:

Mulek de Rua - www.mulekderua.com.br

Garotinha explica que não existe brinquedo de menino ou de menina

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos