IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Empregos e carreiras


Veja os ramos de atividades que tiveram maior e menor variação de salário desde 2012

Do UOL, em São Paulo

12/03/2013 06h00

Pesquisa Salarial e de Benefícios realizada pela Catho aponta os ramos de atividades que tiveram maior e menor variação da remuneração desde fevereiro de 2012. A 42ª edição do levantamento contou com mais de 165 mil entrevistados em 3.350 cidades brasileiras.

 

Os destaques foram atividades de fabricação de equipamentos elétricos e eletroeletrônicos com variação de (28,23%); incorporadora e imobiliária (28%);  fabricação de equipamentos de transporte (27,34%); e refinaria de petróleo e correlatas (25,15%).

 

Em contrapartida, as áreas que tiveram menor variação salarial foram vigilância e transporte de valores (1,11%), fabricação de móveis e artefatos de madeira (3,64%), instituições de ensino médio e fundamental (8,83%), advocacias e escritórios de advocacia (10,10%), indústria de equipamentos de entretenimento (11,07%).

 

 

Maior variação salarial

 

- Fabricação de equipamentos elétricos e eletrodomésticos – 28,23%

- Incorporadora e imobiliária – 28%

- Fabricação de equipamentos de transporte – 27,34%

- Refinaria de petróleo e correlatas – 25,15%

- Saúde e hospitalar (laboratórios, hospitais, análises clínicas, assistência médica) – 24,19%

- Organizações do setor público / administração direta – 24,17%

- Fabricação de computadores e periféricos – 24,15

- Fabricação de produtos de borracha e plásticos – 23,96

- Fabricação de papel e similares – 22,44%

- Indústria automotiva – 22,26%

- Mineração, extração de óleo e gás – 22,15%

- Organização Não Governamental, associações e sindicatos – 21,58%

- Construção – 21,50%

 

Menor variação salarial em 2012

 

- Vigilância e transporte de valores – 1,11%

- Fabricação de móveis e artefatos de madeira – 3,64%

- Instituições de ensino médio e fundamental – 8,83%

- Advocacias / escritórios de advocacia – 10,10%

- Indústria de equipamentos de entretenimento – 11,07%

- Fabricação de impressão, publicaçãoe indústrias similares – 11,37%

- Indústria metalúrgica de metal primário (aço, ferro e alumínio) – 11,82%

- Supermercados / hipermercados – 11,97%

- Indústria de embalagens – 12,61

- Call centers – 13,68%

Mais Empregos e carreiras