Bolsas

Câmbio

Você sabe repassar tarefas aos empregados ou é centralizador? Faça o teste

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Ao assumirem cargos de chefia, muitos profissionais se veem diante do desafio de se desapegarem de parte das tarefas com as quais estavam acostumados, de "mão na massa", para se dedicarem mais a tarefas de gestão e supervisão.

Essa tendência de se apegar demais ao operacional e menos ao tático e estratégico está ligada a uma cultura ruim de chefia, que enfraquece a liderança, segundo Edson Herrero, consultor da Integração Escola de Negócios.

Além disso, a operação costuma ser muito mais emocionante e estimulante do que atividades de planejamento, quase sempre mais solitárias e enfadonhas, afirma o especialista.

Não saber delegar, além de sobrecarregá-lo, pode desmotivar a equipe, diminuindo sua produtividade e prejudicando os resultados. O profissional que sabe delegar ganha tempo para ficar em ações mais estratégicas em prol da empresa, dos negócios e da equipe.

Responda às questões a seguir de maneira sincera para que o resultado seja mais fiel ao seu perfil.

Delegar com responsabilidade

É importante ressaltar que delegar não significa transferir responsabilidade. É assumir a supervisão das tarefas e dar a oportunidade para que outros profissionais se desenvolvam, enquanto executam as atividades da maneira que julgam mais eficientes.

Delegar exige comunicação clara e acompanhamento contínuo das ações.

Especialista dá dicas sobre o que vestir ou não no trabalho

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos