Fim de ano deve abrir 111 mil vagas temporárias no país, dizem entidades

Do UOL, em São Paulo

  • Leandro Moraes/UOL

Quem está em busca de trabalho ainda tem chances de conseguir uma vaga no mercado este ano. Segundo pesquisa da Fenaserhtt e do Sindeprestem, entidades sindicais do trabalho temporário e da terceirização no país, 111 mil trabalhadores devem ser contratados temporariamente por causa das festas de fim de ano em 2017.

O número representa um aumento de 9,9% em relação às contratações temporárias do ano passado (101 mil), de acordo com as entidades. Das 111 mil vagas estimadas para este final de ano, 27 mil ainda estão abertas em todo o país.

O setor de serviços deve oferecer o maior número de vagas temporárias: 50 mil. O comércio deve abrir 33 mil postos, e a indústria, 28 mil. Do total de oportunidades, 33 mil vagas (29,7%) possivelmente serão destinadas a jovens no primeiro emprego, segundo o levantamento.

Ao final do contrato, 19 mil trabalhadores temporários (17,1% do total) deverão ser efetivados pelas empresas nas quais trabalharam durante o fim do ano, segundo estimativa das entidades sindicais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos