C

Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos - CCF

Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF). É o cadastro mantido pelo Banco Central, que possui dados dos emitentes de cheques sem fundos. Se algum cheque for devolvido pelos motivos 12 (cheque sem fundos - 2a. Apresentação), 13 (conta encerrada) e 14 (prática espúria), o nome do emitente será automaticamente incluído no CCF. No caso de conta conjunta, serão incluídos os CPFs de todos os titulares da conta.

Carência

Período mínimo determindo para o investidor ficar com os recursos aplicados tendo direito a rentabilidade integral do período. Caso o investidor deseje efetuar o resgate antes do término da carência, ele pode perder a rentabilidade do investimento e resgatar somente o principal ou o valor da cota do dia do resgate, caso seja menor que a cota de aplicação. Na indústria de fundos, alguns administradores estabelecem taxas que penalizam os cotistas que resgatam antes do prazo estipulado como carência.

Circuit Breaker

Normativo adotado pelas Bolsas onde o pregão é imediatamente interrompido toda vez que a variação atingir um limite (tanto na alta como na baixa). No caso das bolsas de valores o limite oscilação é 10%. Já na BM&F este limite depende do ativo financeiro negociado (dólar, índice futuro de ações, etc.).

Conta corrente

A conta corrente de um país reflete as principais transações com o exterior na área comercial e na contratação de serviços e transferências de renda. Ela inclui a balança comercial (exportações e importações), as remessas de lucros de empresas, os pagamentos de juros da dívida externa e as viagens internacionais. É mais ampla que a balança comercial, que só considera importações e exportações.

Contas públicas

As contas públicas são a contabilidade dos gastos e das receitas internos do país. Nessas contas estão inclusos a arrecadação de impostos e outras fontes de captação de recursos do governo, além de qualquer tipo de gasto interno (construção de escolas, estradas, pagamento de títulos públicos, etc.) de todas as esferas do poder público. No caso de o governo ter gasto mais do que arrecadado, tem-se uma situação deficitária. Se, ao contrário, for arrecadado mais do que foi gasto, a situação é superavitária. Essa contabilidade pode ser dividida em três níveis: 1) Nominal: corresponde ao resultado nominal das contas do setor público, ou seja, está incluso o efeito da inflação e do pagamento de juros sobre o fluxo de receitas e despesas do governo; 2) Operacional: corresponde ao resultado primário das contas públicas adicionado o pagamento de juros e excluindo-se o efeito da inflação; 3) Primário: corresponde ao resultado real (ou primário) das contas públicas, ou seja, excluindo-se a despesa com juros, que o Governo tem que pagar sobre as suas dívidas, e a inflação. Assim, o resultado puro das contas do Governo diz se foi gasto mais ou menos do que a sua receita permitia. Entretanto, com as altas taxas de juros praticadas e o crescimento da dívida mobiliária, o acompanhamento do resultado no conceito operacional vem sendo cada vez mais relevante, uma vez que a despesa com juros representa uma grande fonte de gastos para o Governo. A medida que a estabilidade de preços for se firmando no país, o conceito de resultado nominal ganhará maior relevância, pois o efeito diminuto da inflação deverá dar novo sentido a essa estatística - tendendo a substituir, em importância, o conceito operacional.

Contribuição Sindical

Descontada dos empregados anualmente, um dia de salário. Patronal. Ver alíquota em tabela progressiva no respectivo sindicato.

Controle acionário

Posse, por um acionista ou grupo de acionistas, da maior parcela de ações, com direito a voto, de uma empresa, garantindo o poder de decisão sobre ela.

Convênio

Ato administrativo que permite a liberação do recurso previsto no OGU. Quando o Governo vai, por exemplo, financiar uma obra em um município, assina um convênio com o prefeito.

Conversão

Mudança das características de um título. No caso de ações, pode ser sua transformação, quanto à forma (de nominativa para escritural) ou à espécie ( de ordinárias em preferenciais ou vice-versa) dependendo de deliberação de assembléia geral extraordinária e do disposto no estatuto social de uma sociedade anônima.

Conversão de Dívida

Substituição dos títulos de dívida pública (vencidos ou a vencer) por outros com novos e mais longos prazos de vencimento. É a clássica "rolagem".

Corretagem

Taxa de remuneração de um intermediário financeiro na compra ou venda de títulos.

Corretor

Intermediário na compra e venda de títulos.

Cost and freight (Candf)

Custo e frete. O mesmo que C&F. Condição de preço que inclui o custo da mercadoria e o do frete até o destino.

Cost, insurance and freight (CFI)

Custo, seguro e frete. Condição de venda cuja menção é seguida do nome do porto de destino; expressão utilizada na cotação de preços, significa por preço se entende a mercadoria posta no porto de destino, frete pago e seguro coberto

Cupom Cambial

É o prémio pago ao investidor por assumir o risco da moeda em que ele está aplicando. Este prêmio geralmente é adicionado a uma aplicação considerada sem risco, por exemplo as Letras do Tesouro Americano. O cupom cambial tende a se elevar quanto maior for o risco da moeda.

Anterior Próxima

UOL Cursos Online

Todos os cursos